• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

Autores

02/10/10

A essência da amizade



A ESSÊNCIA DA AMIZADE
( Huberto Rodhen)


Toda pessoa não suficientemente realizada em si mesma tem a instintiva tendência de falar mal dos outros.

Qual a razão última dessa mania de maledicência?
É um complexo de inferioridade unido a um desejo de superioridade.
Diminuir o valor dos outros dá-nos a grata ilusão de aumentar o nosso valor próprio.
A imensa maioria dos homens não está em condições de medir o seu valor por si mesma. Necessita medir o seu próprio valor pelo desvalor dos outros.
Esses homens julgam necessário apagar as luzes alheias a fim de fazerem brilhar mais intensamente a sua própria luz.
São como vaga-lumes que não podem luzir senão por entre as trevas da noite, porque a luz das suas lanternas fosfóreas é muito fraca.
Quem tem bastante luz própria não necessita apagar ou diminuir as luzes dos outros para poder brilhar.
Quem tem valor real em si mesmo não necessita medir o seu valor pelo desvalor dos outros.
Quem tem vigorosa saúde espiritual não necessita chamar de doentes os outros para gozar a consciência da saúde própria.
As nossas reuniões sociais, os nossos bate-papos são, em geral, academias de maledicência.
Falar mal das misérias alheias é um prazer tão sutil e sedutor – algo parecido com whisky, gin ou cocaína – que uma pessoa de saúde moral precária facilmente sucumbe a essa epidemia.
A palavra é instrumento valioso para o intercâmbio entre os homens. Ela, porém, nem sempre tem sido utilizada devidamente.
Poucos são os homens que se valem desse precioso recurso para construir esperanças, balsamizar dores e traçar rotas seguras.
Fala-se muito por falar, para "matar tempo". A palavra, não poucas vezes, converte-se em estilete da impiedade, em lâmina da maledicência e em bisturi da revolta.
Semelhantes a gotas de luz, as boas palavras dirigem conflitos e resolvem dificuldades.
Falando, espíritos missionários reformularam os alicerces do pensamento humano.
Falando, não há muito, Hitler hipnotizou multidões, enceguecidas, que se atiraram sobre outras nações, transformando-as em ruínas.
Guerras e planos de paz sofrem a poderosa influência da palavra.
Há quem pronuncie palavras doces, com lábios encharcados pelo fel.
Há aqueles que falam meigamente, cheios de ira e ódio. São enfermos em demorado processo de reajuste.
Portanto, cabe às pessoas lúcidas e de bom senso, não dar ensejo para que o veneno da maledicência se alastre, infelicitando e destruindo vidas.
Pense nisso!
Desculpemos a fragilidade alheia, lembrando-nos das nossas próprias fraquezas.
Evitemos a censura.
A maledicência começa na palavra do reproche inoportuno.
Se desejamos educar, reparar erros, não os abordemos estando o responsável ausente.
Toda a palavra torpe, como qualquer censura contumaz, faz-se hábito negativo que culmina por envilecer o caráter de quem com isso se compraz.
Enriqueçamos o coração de amor e banhemos a mente com as luzes da misericórdia divina.
Porque, de acordo com o Evangelho de Lucas, "a boca fala do que está cheio o coração".

(Texto extraído do livro "A Essência da Amizade" – Huberto Rohden* – EditoraMartin Claret).

Texto extraído do blog: Rumos libertadores de Zilda Santiago.
Clique no link e conheça o trabalho da Zilda!

10 COMENTÁRIOS:

Chica

Linda mensagem essa!Belo texto!beijos, tudo de bom,chica( eStou adorando o Mar de Paixões...Criatividade da autora.LegAL!)

Poesia do Bem

Adorei as novidades por aqui, se deseja r coloque o link do meu blog por aqui, bjssss e venha ver que linda ficou a Alice no site da fotografa Graciela.Ah! amanhã é niver de minha linda Artilia que saudadesssssssss dela. bjssssss

Dora Regina

Conheci esse blog através do blog da Zilda Santiago, visitei, gostei e já parei por aqui, sou seguidora.
Parabéns pelo blog.
Um abraço!

Dora Regina

Conheci esse blog através do blog da Zilda Santiago, visitei, gostei e já parei por aqui, sou seguidora.
Parabéns pelo blog.
Um abraço!

Brasigrega

Linda e verdadeira mensagem.
Parabéns!!!
Um ótimo domingo

AFRICA EM POESIA

Obrigada pela visita em meu blog .
Claro que autorizo .. a Minha poesia é vossa.
um beijinho e estou à vossa disposição
Um beijo

Sônia Silvino

Só esse trecho já demonstra que belo livro!
Beijocas, muitas!

Meri Pellens

Excelente texto. Aquele que tem luz própria não precisa apagar a do outro para poder brilhar.
Amigos, obrigada pelo carinho lá no blog. Deus abençoe vocês, Anne e Carlos.

Mimo Chic

Que blog mais mimoso, como e bom incentivar a amizade!
Muito gostoso o tempo que passamos aqui, seguiremos!
Esperamos retribuir com carinho em nosso blog
bjs
Lulu & Sol

Tania T.

Oii

Uma amiga me indicou o seu blog. Meu sonho é ser escritora, eu escrevo uma história e posto no blog, que tem por nome "No Silêncio do teu olhar."

Bom, amei conhecer aki.. Voltarei mais vezes! Achei muito interessante e bacana a iniciativa de vocês de ajudarem novos escritores.. isso é bonito!

:)

Beeijo

Compartilhe