• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

15/11/2010

Vazio



VAZIO
(ISABELLE CAMARA)


o vazio das tardes

Eu sou uma menina livre
Que brinca de brisa com as folhas secas
E com os pensamentos de nuvens e sabiás

No vazio do silêncio...
O som de uma voz doce
Entoada pelas manhãs
E modulada pelo amor
Faz ecoar o que restou

No vazio do casulo
É lá que eu durmo
Zunindo para afugentar os predadores
Até que o abrir de minhas asas
Bombeie sangue pelo meu coração
E me transforme em borboleta


* o blog da Isabelle é só para leitores convidados.

6 COMENTÁRIOS:

Chica

Lindo e inspirado poema de Isabelle!beijos às duas,chica

Eduardo Medeiros

muito bonito mesmo!

parabéns à autora. Abraços

ETERNA APAIXONADA

Obrigada pela carinhosa visita!
Feliz por ter vc por lá. Volte quando quiser!
Linda poesia, com a leveza das borboletas...
Tenha uma semana bem inspirada!
Beijos

Vivian

Olá amiga!

Linda poesia da Isabelle!!
Inspiradora e envolvente!!

*Sua poesia fez muito sucesso lá no blog!!!Parabéns!!
Viva aos novos talentos!!!

Atenciosamente

Maria Emilia Xavier

Muito delicado e bonito seu versejar Isabelle. Parabéns Anne,pela publicação.

Isabelle Câmara

eu nem sabia que eu tava aqui!!! avisa qd postar, Anne! :D

Compartilhe