• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

27/01/2011

Quando eu morrer...



Quando eu morrer só assim poderei voar,

Quero subir  alto bem devagarzinho

Imitar os passarinhos, no caminho cantar.

Quando eu morrer... Quero sentir o perfume
De todas as flores, deslumbrar com as cores,
Despedir-me acenando aos  velhos amores...

Quando eu morrer, serei eu somente...
Semente sem germinar.
Vou ver de perto a lua no céu,
Alma desnuda sem véu,
Vou fazer piruetas no ar.

Quando eu morrer... Não quero,
Olhar lá embaixo, ver olhares tristes,
Nem choros, murmúrios, lamentos,
Pois quem sobra entre paredes do solo
É um corpo vazio inerte, infértil.


          Autora: Dora Duarte


Dora Duarte é autora do livro 

"A menina que não sabia que podia sonhar"

7 COMENTÁRIOS:

Anônimo

Anne, favor consertar esta frase aí que aparece com a ponta de uma pena, tentei, mas não consegui.Obrigada. Bjos Dora.

Guará Matos

"Quando eu morrer não quero choro nem vela...". ( Fita Amarela - Noel Rosa).

Bjs.

Chica

Dora é inspiradíssima.beijos chica

RECANTO DOS AUTORES

Dora,uma poesia muito linda!Tb não consegui tirar a pena...rsss...mas até que ficou bonito!Bjs,

Dora Regina

Linda a poesia da minha xará...
Um grande abraço.
Lindo fim de semana!

Dora Regina
Este comentário foi removido pelo autor.
LUCONI

Uma bela poesia, contendo uma mensagem bastante profunda, o nada que realmente somos e o tudo que podemos ser neste infinito imenso, beijos Luconi

Compartilhe