• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

01/03/2011

Os saltos da mulher





Antes a mulher frágil, à noite chinelos...
Não era só parceria que ela queria
Foi modelando-se naturalmente...
Em 1857,no dia 08 de março,
A rebeldia social foi um passo na história.
A mulher lutou, sofreu,
Os chinelos foram substituídos
Pelos sapatos meios saltos, acanhados.
Seu sexto sentido imaginaria ”conquista à vista!”
A mulher cresceu, evolui..
Destruiu as tranças e as amarras,
Cortou os cabelos,sem cortar seus ideais
Deu trégua sem baixar a cabeça.
Num processo lento, quase parado,
Erguendo  mais e mais a cabeça,
A mulher saiu do casulo, criou asas voou...
Na sua essência, a imperfeição,
Nem Deus na sua magnitude
Quando fez os dois, demorou tanto para os modelar
Quis que fossem perfeitos, não conseguiu
A mulher deixou as “costelas”
Nas suas atitudes, coragem,
Foi paciente, esperou,
Sabia que a luta era o começo,
Subiu nos saltos, agora mais alto
Driblou preconceitos, poderosos
Subiu ao pódio.!!!
É prata, é madeira de lei
É “sorvete” para alguns,
É rapadura. para outros,
A "pedra no sapato" do machismo.
Diferenças do poder entre o homem e a mulher?
Muitas, a mais simples:
A dele ,se produz mais rápido, sapatos baixos,
A dela, demorada produção, mais batons e saltos alto.





4 COMENTÁRIOS:

Chica

Muito linda tua poesia,Dora! E estamos em março , pertinho do dia,,,beijos,chica

Sônia Silvino

Está chegando o nosso dia, gurias! Não esqueçam do salto!!!
Beijos!

RECANTO DOS AUTORES

Dora,magnífica homenagem ás mulheres!Obrigada por postar aqui!Bjs,

LUCONI

Uma poesia bela e contendo verdades incontestáveis, parabéns poetisa seus trabalhos são sempre belos, beijos Luconi

Compartilhe