• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

06/03/2011

A tristeza da viola


A viola em seu canto,
recorda do tempo saudoso,
quando o violeiro amoroso,
a tocava com encanto.

Com suave contato,
suas cordas vibravam,
o ritmo acelerando, 
linda melodia entoavam.

O tom não importava,
ela sempre o acompanhava,
os sonhos realizavam,
em êxtase se projetavam.

Os interperes da vida,
o seu brilho ofuscaram, 
as cordas endurecidas,
como antes já não vibram.

O violeiro não entende,
que o ritmo mudara,
que com toque diferente,
nova canção surgiria.

Então esquecida a deixa,  
o violeiro insensível,
linda melodia não escuta,
 dedilhada pela solidão.




Publicado no Recanto das Letras em 16/02/2010
Código do texto: T2090185

5 COMENTÁRIOS:

Nuvembranca

Que beleza Luconi, parabéns. Beijos.

Anne Lieri

Luconi,acho que vc lê pensamento,menina!Há dias estou querendo fazer uma poesia sobre moda de viola para postar aqui....rsss...muito linda e tocante como sempre,pois vc faz poesia com o coração!Bjs,

FAZENDA DE POEMAS E POESIAS

É instrumento musical é como se fosse uma pessoa, quando vai envelhecendo, é deixado meio de lado, a tendência é enferrujar. Lindíssimos versos saudosos. Parabéns Laconi. Bjos.

Edna Lima

Que lindo!
Como se a viola tivesse alma.
Bjs Edna

chica

Encantador,Luconi!Parabéns! beijos,tudo de bom!chica

Compartilhe