• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

23/04/2011

O madeiro



Olhando aquele madeiro,

em uma colina fincado,
em formado de cruz,
lembrei-me de Jesus.

No chão prostrado,
senti-me tão pequeno,
de meus sofrimentos envergonhado,
dominou-me choro incontido.

Com os olhos fechados,
senti doce brisa,
que elevou minha alma,
para o imenso infinito.

Uma imensa luz vi,
Uma doce voz ouvi,
era para mim as palavras,
 eu me extasiava.


Filho, filho meu
porque olhas para o madeiro,
porque te lembras apenas do sofrimento,
porque te sentes desamparado.

Segue o teu caminho,
de coração aberto,
para aprender aí estás,
também se aprende na alegria.

Quando você fraquejar,
quando as forças te faltarem,
lembra que não estás só,
que tua dor também é minha.

Lembra que não estou no madeiro,
que este foi momento passageiro,
que a glória do Pai me envolveu,
que a muito estou com ELE.

ELE muito me recompensou,
como meu rebanho a humanidade me deu,
cada irmão desta terra,
ovelha minha é.

Nenhuma irá se perder,
a todas eu amparo,
a todas eu amo,
por todas eu luto.

Por isto filho meu,
não sinta mais vergonha,
pecado não é chorar,
pecado é não amar.

Agora volta,
teu corpo te espera,
eu volto,
e mais uma vez choro.

Mas desta vez é de alegria,
uma grande satisfação me invade,
sinto em mim Sua presença,
olhando os céus agradeço.

03-09-2010

6 COMENTÁRIOS:

Maria Emilia Xavier

Muito lindo seu Poema. Feliz Renascer em Cristo à Poetisa, a todos os Poetas, Poetisas, à Anne e aos amigos do Recanto dos Autores.

✿ chica

Maravilha como sempre, com profundidade e beleza na medida certa!

beijos,FELIZ PÁSCPA pra ti e todos que aqui passarem!

chica

::: (\_(\
*: (=' :') :*
·.. (,('')('')¤°.¸¸.·´¯`»

Gilmar Morais

Amigos,

É com muita alegria que passo por aqui para agradecer-lhes pela cumplicidade permitida, ao acompanharem o Caminhar & Ruminar, que ontem completou o seu primeiro ano de vida. Obrigado!

A festa é cada um de voces, a presença e amizade que emprestam sem reservas! Tenham certeza, significa muito!

Recebam o meu fraternal abraço!

Adriana

Lindo poema!!

valquiria calado

Olho pro madeiro encardido, pelo sangue vertido, que pra muitos não faz sentido...

Bjos minha querida Anne.

RECANTO DOS AUTORES

Luconi,que bela poesia deixou por aqui!Fiquei emocionada!Muito linda!Bjs,

Compartilhe