• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

12/04/2011

Sina do poeta





Querendo homenagear a poesia,
pensei em um jardim encantado,
com mil flores coloridas,
de mil essências,
com mil aromas.

Tantos são os poetas,
que espalham suas sementes,
nos corações sedentos,
pela vida endurecidos,
pela vida esquecidos.

Nos campos áridos da alma,
as sementes muitas vezes,
a brotar demoram,
mas da vida os revezes,
traz abençoada lágrima.

A poesia bate palmas,
uma semente brota,
tão árida já não é a alma,
o jardineiro poeta,
nem ao menos fica sabendo.

Assim julga-se inútil,
ao seu trabalho não dá valor,
pensa que é distração fútil,
de uma alma sensível,
que só sabe dar amor.


Do âmago de sua alma,
a poesia reclama,
não deixando o poeta morrer,
que segue a sua sina,
sem ver o jardim florescer.

11-04-2011

6 COMENTÁRIOS:

✿ chica

Lindíssimo, como sempre,Luconi"! Um beijo,tudo de bom,chica

Atualidades...

Nos campos áridos da alma,
as sementes muitas vezes,
a brotar demoram,
mas da vida os revezes,
traz abençoada lágrima."

Maravilhoso! Amei.

Adriana

Maria Emilia Xavier

Que imagens poéticas belas você usou em sua lindíssima homenagem. Adorei.

mentoresdeluz.blogspot.com

lINDO POEMA LUCONI ,,BRILHANTE,
ADORO TUDO QUE NOS FALA DE FLORES DE SEU PERFUME DE SEUS AROMAS,SERIA
LINDO SE SE PLANTASSE FLORES COLORIDAS COM DIVERSOS PEFUMES DIFERENTES PARA HOMENAGEAR OS POETAS
PARA QUE MAIS FELIZES EXPRESASEM
SUAS RIMAS E SENTIMENTOS,LINDO
POEMA,UM ABRAÇO MARLENE

Anne Lieri

Luconi,que dom mais lindo vc tem!Uma belíssima e comovente homenagem a poesia!Adorei!Bjs,

Dora Duarte

Luconi, muito bonito o poema ao poeta. As vezes me sinto assim, sem querer deixar brotar as palavras, mas elas se soltam dam minhas inspiração, assim são todos os poetas que têm este dom e você é uma dessas. Parabéns. Bjos
Dora Duarte

Compartilhe