• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

16/08/2011

Inocência dos quinze anos


Como é bom lembrar da inocência dos quinze anos, 
do primeiro namorado,
do primeiro encontro, 
do primeiro beijo. 

È divertido lembrar, longo tempo de paquera,
primeiro encontro na missa das dez, 
pegar na mão foi fácil, beijo no rosto,
demorou quinze dias, beijo na boca,
esperou três meses.

Ah! Mas era gostoso, encontro todo dia?
Não senhor tem dia marcado,
terça e quinta às vezes,
sábado e domingo com certeza.

No começo, namoro no portão,
passou um mês, tem que pedir permissão,
lá vem ele coitado, todo nervoso,
na sala papai o espera, faz de conta que nada sabe
e ele gaguejando permissão pede.

Pronto, já pode namorar em casa,
sair juntos só com vela,
ficar sozinhos, só na despedida,
ir embora às dez em ponto.

Ah! Que saudades que sinto,
faz falta tanta inocência,
ter sonhos simples,
acreditar neles, esperar por um encontro,
suspirar por um beijo. 


31-10-08

5 COMENTÁRIOS:

✿ chica

É lindo mesmo e quantas lembranças daquele tempinho legal!

Lindo,Luconi! beijos,chica

Antonio Campos

Linda poesia pois essa lembraças todos temos. E foi um tempo doce. De descobertas.

DoraDuarte

Laconi, eu namorei pouco, mas segurei muitas velas para minhas irmãs... Assim assisti um montão de filmes, O casalzinho na última fila e eu na primeira. Tempo bom, dar saudade sim! Parabéns lindíssima poesia! Bjos Dora Duarte

Anne Lieri

Luconi,sempre versos muito emocionantes e bonitos demais!Eu adorei,amiga!Bjs,

Anne Lieri
Este comentário foi removido por um administrador do blog.

Compartilhe