• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

28/10/2011

Mar de saudades





Mar De Saudades
( Antonio Campos)



Sou esse mar de saudades
Que hoje invade minha praia
Antes que você então saia
Acomode-se no meu peito

Sei nunca talvez tenha jeito
Pois no passado existia amor
Hoje esse poeta só canta a dor

Vem você de mansinho
Lentamente abrindo caminho
Nesse mar de ondas tão altas
Porém sei tua vaidade exaltas

Não adianta tentar novamente
Pois em mim não a mais interesse
Nesse mar de tristezas jamais a beleza
Vai ver esse mar em azul tenho certeza.



 Leia mais textos do Antonio Campos em seu blog:


3 COMENTÁRIOS:

Renata Diniz

É sempre um prazer ler Antonio Campos. Beijos!

Sonhadora

Muito belo este poema, adorei.

Um beijinho
Sonhadora

Antonio Campos

Mar de saudades sentiu esse velho marujo pós mais um infarte. Mas ondas de uma maré alta mais uma vez trouxeram a praia esse velho teimoso.

Compartilhe