• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

31/10/2011

Recanto entrevista Marcia Luconi





RECANTO ENTREVISTA MARCIA LUCONI
(Anne Lieri)

Nossa entrevistada de hoje nasceu em São Paulo, é descendente de italianos e foi morar na Praia Grande já adulta.


Atualmente trabalha como revisora de textos e foi ela quem fez a revisão do meu livro “ A menina voadora na escola”.

Prefácio
A menina voadora,
tem um sonho a realizar,
fazer um mundo melhor,
para todos ajudar.

Semeando o amor,
fazendo nascer à bondade,
com ela a fraternidade.
trazendo a felicidade.

Cuida primeiro dos pequenos,
que trazem ainda a pureza,
conservando a beleza,
de sua inocência.

Sabe que gente grande,
tem coração endurecido,
dos pequenos tendo exemplo,
há de ser amolecido.

O trabalho é imenso,
mas ela não desiste,
com ela ninguém aguenta,
seu exército só aumenta.

Não resista às suas aventuras,
pois elas são verdadeiras,
se você acreditar,
bem mais feliz será.

Márcia Luconi
20-04-2011


Conta como começou a psicografar as mensagens que coloca em seus blogs e já tem um livro pronto que nos fala exclusivamente nesse blog!


Márcia Luconi é uma pessoa especial,generosa,amigona e muito querida na blogosfera!Leia que irá se encantar com ela!


Com voces,minha querida amiga, escritora,revisora MARCIA LUCONI!



Recanto- Marcia, onde você nasceu? Conte um pouco de sua vida atual, familiar e profissional.

Márcia- Meu nome completo é Marcia Maria Luconi, mas por muito amar meus queridos pais, eu quis assinar os meus trabalhos literários apenas por Luconi, pois para mim tudo o que sou devo a eles.
Nasci em São Paulo, sou descendente de italianos, meu pai Giordano Luconi e minha mãe Odette Rosa Gobbi Luconi, foram e sempre serão meus ídolos, lutaram com muita dificuldade, papai muito trabalhou desde os nove anos de idade, foi torneiro e desenhista mecânico, e conseguiu comprar uma antiga injetora de plásticos, uma mula manca, e a partir daí iniciou sua indústria, tendo como sócio seu irmão mais novo, Luiz Luconi. Quando faleceu aos cinquenta e cinco anos, a indústria, Plásticos Luconi Ltda., contava com quase cem funcionários e a nova sede já estava pronta na Paulicéia, faleceu num domingo na véspera do inicio da mudança, a indústria só conseguiu começar a mudança um ano após a morte dele, porque era ele que organizara tudo. Mamãe partiu nove anos depois aos sessenta e um anos, durante o tempo que ficou sem papai, conversou com ele todos os dias, através de um diário.
Poderia citar inúmeros feitos, mas nenhum feito foi tão importante como o fato de terem sido gente em todo o sentido da palavra.
Vivi em São Paulo até os quarenta e seis anos, quando me mudei para a Praia Grande, depois de dois casamentos que não deram certo, um terceiro em que tudo ia bem, mas meu companheiro, doente renal crônico, faleceu aos trinta e oito anos, e então resolvi mudar de cidade, acompanhar minha irmã caçula, tive três filhos, dois do primeiro casamento e um do quarto casamento que aconteceu aqui na Praia Grande, com alguém de SP que eu conhecia há oito anos, e que gostava de mim desde então, mas era impossibilitado de se declarar, então se conformava em ser meu grande amigo e irmão de fé.
Bem resumindo é isto, trabalhei como secretária de vendas na fábrica de meu pai, secretária financeira e de diretoria, professora de Português e Matemática, aqui na baixada prestei concurso e me tornei administrativa no Pronto Socorro, sempre fiz “bicos” de revisão para trabalhos escolares ( TCC), revistas e jornais de associações, e há uns três anos tenho feito revisão de livros. Bem Anne já falei demais, é tanta coisa, não dá para colocar tudo.


Recanto- Como foi a sua infância? Fale um pouco dessa fase de sua vida.

Márcia- Sabe Anne eu era o que sou, assim com esta personalidade só que sem polimento, sempre fui quietinha, brincava sempre sozinha com amigos imaginários e olha que éramos em cinco, quatro meninas e um menino, tinha vergonha de sair e sempre me isolava, meu pai era rígido, mas eu ele quase punha pra rua e trancava a porta. Em casa sempre tentava ajudar mamãe como podia, e assim fui crescendo, sem dar trabalho, apenas o triste defeito de RESPONDER, quando achava uma coisa errada falava e pronto e aí era considerado malcriação, desrespeito, boca dura, mas com o tempo fui ganhando o respeito de mamãe e papai e este se tornou meu melhor amigo, tanto que tenho um cartão dele de quando completei dezoito anos que diz: “A filha, amiga e colega de trabalho competente e adulta, que este ano seja seu ano” Foi o melhor e mais valioso presente que ganhei, tenho-o até hoje.
Bem como vê não sei falar de mim sem falar deles, sempre me apoiaram, e olha que eu era namoradeira, continuava quietinha, mas namorava muito, meu amor por meus pais era tanto, que casei virgem única e exclusivamente por conta do amor que tinha a eles, eu dizia mesmo que não saibam nunca, como eu vou olhar nos olhos deles? É acho que isto é amor.



Recanto- Poderia nos falar sobre os seus blogs? Como começou essa vida de blogueira? Você acha que há uma missão nas mensagens que transmite?

Márcia- Anne anjo lindo, quando fiz meu primeiro blog, não sabia nada de ser blogueira, eu tinha as minhas psicografias no caderno, textos que eu mesma escrevia não guardava, não achava que iria interessar a alguém, mas as psicografias sim psicografo deste os dezoito anos, quando comecei a desenvolver na Umbanda, estava um dia trabalhando no escritório e era um dia chuvoso, à tardinha estava sem trabalho, peguei um pedaço de papel e comecei a escrever, notei curiosa que eu não tinha ideia do que eu estava escrevendo, tentava me intrometer na escrita e então não saia mais nada, resolvi deixar correr livre e depois para surpresa minha tinha escrito um texto sobre a diferença da Umbanda e da Mesa branca. Nunca mais parei, fui escrevendo em cadernos e guardando, tinha receio de morrer e tudo cair no esquecimento, foi quando em 2.008 meu marido comprou o pc, e me mostrou que na net eu poderia postar as mensagens. Então sem saber nada de blogs, fizemos eu e ele o blog da Umbanda e o de Mensagens, mas achamos que seria interessante postar a vida das grandes almas iluminadas que passaram por esta Terra, então nasceu o blog Vida e Oração de Santos, este quem mais cuida é meu marido, com certeza é ele que faz todas as pesquisas, mas nos outros dois é necessário minha intervenção direta uma vez que sou eu que recebe as mensagens, mesmo assim meu marido ajuda na escolha de imagens e às vezes copia do Word o que já deixei pronto e passa para os blogs.
Agora blogueira aprendi a ser com você meu anjo, você nem sabe, mas quando você saiu do recanto das letras eu queria te ler e comentar como fazia lá, então o seu foi o primeiro blog que fui, descobrindo que poderia fazer muitos amigos através de meus blogs, aí sim comecei a ser blogueira, o segundo blog que comentei foi o da querida Chica e lá também aprendi muita coisa.
Vê como você foi importante em minha vida? Você e a Chica são as minhas mestras, que eu muito agradeço ao Pai por terem entrado em minha vida.  Agora acredito que a semente tem que ser espalhada, acredito que ninguém vem do mundo espiritual para nos passar mensagens à toa, realmente eles querem semear e eu sou apenas o instrumento que escolheram, o querido CHICO dizia que era apenas o carteiro, eu também acredito que assim seja, nada sou, apenas um canal.
                                                                                      



Recanto- Obrigada pela consideração a mim e ao meu blog e aproveito para agradecer pela Chica também.Sei que ela vai gostar de saber que te inspirou a ser blogueira.Quer dizer, a culpa é minha e da Chica!....rss...Como surgiu o “Textos,contextos e reflexões”?

Márcia- Bem este só faz três meses que nasceu, postava meus textos no Recanto das Letras, mas lá os leitores eram muito restritos, só escritores de lá mesmo, e na Net em um blog eu poderia alcançar maior número de leitores e fazer muitas amizades,
então resolvi fazer o blog, agora o nome quem deu não fui eu, foi a querida Sonia Silvino, eu estava em dúvida e pedi a ela ajuda, ela então me enviou quatro nomes, e eu gostei de Textos, contextos e reflexões.


Recanto- Como se sente quando faz a revisão de um livro? Costuma se envolver?

Márcia- Com certeza, envolvo-me por inteiro, na história e no sonho do autor, nossa não imagina como é gratificante, tenho que fazer o melhor, preciso fazer o melhor, porque em minhas mãos está mais que um livro, está o filho da alma de alguém, alguém que ali colocou todo seu sentimento, colocou o que tem de melhor em si, e confiou esta preciosidade a mim, o seu sonho, o de levar para milhares de pessoas o que sente, através de suas histórias, ou mensagens, ou teorias sobre a vida, já revisei um livro assim e foi fascinante, entrei no pensamento, na lógica do autor. Envolvo-me tanto que sempre acaba saindo uma poesia, ou uma prosa sobre o conteúdo do livro ou sobre o autor, é fascinante.  Depois da revisão feita, fico torcendo para ver a publicação e só sossego quando fica prontinho para a venda.



Recanto- O que você acha das redes sociais? Qual o significado delas em nossa vida hoje?

Márcia- Querida eu tinha Orkut, não tinha tempo para mantê-lo como os amigos mereciam, hoje tenho facebook  e gosto bastante, mas é tão difícil para mim participar, veja sou revisora, escritora, psicografo, esposa, mãe , avó, dona de casa, cuido de minha casa e de todos afazeres domésticos sozinha, realmente fica difícil, ainda estou em falta com os compromissos de minha fé, que sempre que dá um tempinho eu gosto de cumprir, não por obrigação, mas por amor, é muito gratificante poder se doar, nossa tenho tanto ainda há resgatar, há melhorar, os médiuns não são seres especiais ou mais evoluídos, não minha amiga, os médiuns apenas têm tantos resgates para fazer, que só a vida normal, o dia a dia material não basta, é necessário para apressar o resgate de tantas dívidas o trabalho espiritual.
Por tudo isto que te expliquei, não tenho muito conhecimento das redes sociais, mas se levadas a sério, se usadas para a semeadura da amizade, elas são excelentes, tudo nesta vida é assim, depende da forma como o ser humano desfruta o que lhes foi colocado às mãos.




Recanto- E as escolas de hoje? Qual sua opinião sobre elas? Acha que temos um país onde a leitura é incentivada?

Márcia- Anne no meu tempo a leitura não era incentivada, eu mesmo lia porque gostava, sempre gostei. Aos doze anos de idade, já havia lido toda coleção de José de Alencar, tudo que caía em minhas mãos lia. Isto graças à mamãe que era uma devoradora de livros.
Hoje em dia, já existem muitos projetos e vejo pelos meus netos que a leitura tem sido muito incentivada.
Agora as escolas de hoje deixam muito a desejar, as públicas infelizmente têm um nível de ensino péssimo, os professores não podem fazer milagres, aqui na minha cidade eles tem medo, constantemente são ameaçados inclusive pais de alunos apoiam a atitude errada dos filhos, encobertam, fica difícil fazer um bom trabalho.
As particulares, não querem saber, não respeitam as normas da secretaria de educação, quando mais puxarem na matéria, mais fama de boa terá, mas não se preocupem, porque os alunos que acompanham irão passar por merecimento, agora os outros irão passar porque precisam deixar os pais contentes para não perderem os clientes, esta é a triste história. Agora me digam quem pensa em nossas crianças? Uma meia dúzia, além dos professores que nada podem fazer. Uma realidade triste, mas infelizmente é assim que acontece, parece que os pais não querem que o filho aprenda, querem que o filho passe de ano e só.  


Recanto- Você tem algum projeto para um livro?

Márcia- Tenho um livro pronto, já registrado na Biblioteca Nacional, mas é um livro psicografado, eu o psicografei em seis horas, fiquei pasma ele não deixava que eu pensasse, ao invés de me ditar, pegou a minha mão escrevendo com muita rapidez, estou esperando uma oportunidade para publicação, é a história de um espírito que caiu violentamente e muita maldade fez em vida, mas no final de sua vida se torna cristão e então começa a pagar pelos seus erros, inclusive sendo morto pelos romanos, a igreja o proclama Santo, e ele vem justamente dizer para todos que ele não é santo, pois suas dívidas para com a humanidade são imensas e que muito é necessário para resgatá-las.
Só não tenho permissão ainda para dizer que santo é, mas logo que eu começar a agitar a publicação, poderei fazê-lo.

Também já estou escrevendo outro, este não é bem uma psicografia, vamos dizer assim que estamos juntos, mas a história é verídica e trata-se de um espírito que viveu no Egito antes dos judeus para lá irem, ainda estou nos primeiros capítulos, aquela velha história de não ter tempo, mas devagar saí.

Recanto- Agora é o momento “Marilia Gabriela”. Eu falo uma palavra e você diz o que te vier à cabeça.

Uma música- GUERREIRA  Clara Nunes

Espero ter acertado a sua musica preferida!


Um livro- Paulo e Estevão  Chico Xavier



Uma cor- Lilás



Um sonho- A cura de alguém muito amado.



Uma alegria- GENTE ADORO GENTE



Uma tristeza- O desamor


Recanto- Deixe um pensamento, uma palavra ou uma frase que goste para nossos leitores.

Márcia- Antes quero te agradecer, por você ter permitido que eu entrasse em seu mundo, na sua estrada, você Anne faz toda a diferença, obrigada. Agora a frase:
PARA QUEM CONFIA O AMANHÃ É UMA CERTEZA


Muito obrigada pela gentileza de sua entrevista!
Eu adorei conhecer mais sobre você, Márcia!
Temos tanta coisa em comum,inclusive seu livro preferido é um dos romances mais lindos que já li e recomendo!
Desejo muito que seu maior sonho se realize e tenho certeza que todos os seus amigos blogueiros também!
Muita paz pra voce!

Aqui os links para achar a Marcia:







17 COMENTÁRIOS:

Meire

Anne querida, amei saber mais da Luconi. Com certeza se eu já a admirava pelo trabalho que faz em seus blogs agora a admiro ainda mais. Muito lindo o amor que ela tinha e tem pelos pais, acho família a base pra tudo em nossa vida e com certeza se ela é uma pessoa tão incrível é porque seus pais tbm eram, mas claro que não vou tirar o mérito dela própria, afinal não adianta convivermos com pessoas especiais se não temos uma doce essência cá dentro de nós.

Beijokitas na sua bochecha Anne e na dela! ;)

✿ chica

Simplesmente maravilhosa a entrevista onde LUconi abriu o coração e deixou sair tudinho...Muito obrigado pela referência à Chica,rsrs Adorei e fico feliz de ter te influenciado.Tinha mesmo que sair esse blog...

Gostei muito da história de vida e tudo mais.

beijos às duas, tudo de bom,chica

♫*Isa Mar

Oi Anne, maravilhosa a entrevista da Marcia, sempre bom saber mais das pessoas que admiramos e ela é tudo de bom!
Pessoas especiais merecem postagens especiais como essa, e muito legal saber que você e a Chica foram responsáveis pela criação dos blogs dela, e que bom, senão não teríamos o privilégio de ler o que tão bem escreve.
Parabéns á Luconi pela pessoa linda que é, á você Anne e também á Chica, todas amigas queridas e especiais.
Beijos pra todas e uma exclente semana!

Toninhobira

Legal esta entevista com a querida Luconi,uma pessoa de alma perfumada,que sempre nos traz a paz e o carinho.Linda sua historia de vida e fé.Que ela possa ser e star feliz com toda intensidade.
Meu abraço terno Anne.
Uma bela entrevista.

João Fernando

A Luconi é uma pessoa incrível, gosto muito de ficar papeando com ela, as horas passam fácil, mesmo sendo por telefone.
Minha amiga Luconi também é minha revisora, presta um excelente trabalho, nota-se que ela faz de coração, que gosta daquilo que faz!
Márcia, quanto ao seu sonho, torço para que não seja sonho e sim a mais pura realidade!

Um abraço desse seu amigo!
Paz e Luz.

LUCONI

ANNE QUERIDA cá estou chorando que as lágrimas não me deixam ver nem o que escrevo, nossa ficou tão linda a postagem, e os comentários amigos muito me emocionaram agradeço a você mil vezes obrigada meu anjo, a Chica, a Meire, A Isa, o Toninho e o João Fernando que tenho a honra de ter como amigo pessoal ele mora aqui pertinho, é gente como a gente, mais uma vez muito obrigada, sempre, te adoro beijos Luconi

LUCONI

Anne a música você acertou em cheio, eu amo de paixão, beijos

Norma Villares

Ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!!!
Parabéns pra dias.
Beijos

MARLENE

querida anne e amiga Luconi que linda sua história de vida adorei saber um poco mais de voce,de seu trabalho de seus afetos de seu enorme coração parabens pelo sucesso que o tenha sempre mais um grande abraço marlene

Sônia Silvino

A Luconi é um ser iluminado e muito especial. É uma amiga querida que nos transmite muita paz e sabedoria!
Parabéns pela entrevista!
Beijos nas duas queriiiiidas!

Nana

Uau! Foi essa minha sensação ao ler a entrevista da Luconi. Foi uma das melhores que já postou Anne. Ela escreveu maravilhosamente bem e foi muita expontânea, assim como a vejo nos blogs dela.
Uma ótima entrevista de uma ótima escritora.

abçs

Nana

Perdão pelo erro horrível, espontânea foi o que quis dizer.

Nana

Perdão pelo erro horrível, espontânea foi o que quis dizer.

Alexandre Brussolo

Uma entrevista maravilhosa e que só acrescentou mais ao que já pensava de Luconi, uma poetisa maravilhosa e uma amiga que sempre agrada com sua presença. Que a paz de Deus sempre esteja presente em seu blog Anne.

Evanir

Com muitos dias de atraso estou aqui infelizmente tenho feito poucas visitas.
Hoje ao chegar aqui deparo com essa grande amiga e talentosa mulher.
Falar da Marcia Lucone é tudo de bom tive o previlégio de conhece-la pessoalmente fui na casa dela no Domingo passado.
Eu sempre recebi amigas virtual na minha casa mais nunca havia saido de casa para conhecer ninguém por falta de oportunidades.
Como meu esposo foi junto comigo tudo se tornou mais facil para mim.
A algum tempo só dirijo onde moro perdi o habito de pegar estrada sozinha.
Conheci a Lucone e a familia linda que ela tem.
Todos de esmerada educação o esposo dela é um ser humano maravilhoso foi facil meu esposo se sentir como velhos amigos conversando.
Como não podia demorar muito para evitar transito na volta falamos de tudo um pouco só posso dizer conheci ao vivo e a cores uma amiga de verdade de todos nos.
Como já havia falado com ela algumas vezes pelo telefone tudo ficou mais facil.
Quisera eu conhecer todas amigas que tenho na net.
Hoje é meu livro que a Lucone esta fazendo revisão acredito no profissionalismo e no talento enorme dela como escritora também.
Anne que Deus abençoe você minha amada amiga amei seu livro que tão gentilmente me enviou de presente de Natal.
O presente mais lindo que podemos receber ler é cultura em todos os tempos.
Parabéns Anne pela linda escolha da pessoa a ser entrevistada.
Fica com Deus beijos no coração.
Evanir

Francilangela

A Luconi é tão especial. Tem um jeitinho todo meigo de ir se aproximando da gente até que fica por completo. Anne você sabe traduzir as entrevistas de um jeito só seu. Amo as duas! Beijos!

Maria Alice Cerqueira

Bom dia Anne!
Fiquei muito feliz em poder conhecer mais um pouquinho da vida da nossa amiga Luconi.
Muito bonita a intervista, Gostei muito! Ela é realmente uma pessoa linda! Admiro muito o trabalho que ela nos proporciona com muito carinho, dedicação e Amor!
Uma linda semana coberta de muita paz e Amor
Abraço amigo Para voce Anne, para a nossa amiga luconi!

Compartilhe