• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

14/01/2012

Procuro-me






Procuro-me
( Antonio Campos)


Deixo que o vento leve-me
nessa caminhada em busca do nada
saio a noite em aventuras como ave noturna
preciso fugir de tudo muito mais de mim fugo então

gritos na escuridão assustam
corpos que tocam-se a cada esquina
sereno que cai mistura-se a suores e restos
luzes que acendem-se e se apagam homens devassos

tento ascender entre vultos
esgueirando-se em meio a neblina
dançam a meia luz mariposas e bailarinas
noite sem luar sem estrelas eu solitário procuro-me....

Visite o blog do autor:


Antonio Campos

6 COMENTÁRIOS:

SONINHA

O nosso querido amigo Antônio começou o ano mais inspirado ainda!!!
Beijocas aos dois queridos!

Severa Cabral(escritora)

BOM DIA QUERIDA!
FAZER DESSE CANTINHO ME TRAZ SEMPRE MUITA ALEGRIA DA QUAL ME INSPIRO EM GRANDES POETAS E ESCRITORES...E TENHO OPORTUNIDADE DE CONHECER MAIS ESSE UNIVERSO...
BJS MINHA LINDA!

Tunin

O Antonio escreve textos maravilhosos.É enriquecedor lê-lo.
Abração.

MARLENE

óla querida linda inspiração do poeta ainda não o conheço mas vou fazer uma visita pois deve haver poemas lindos por lá se comparado a este maravilhoso parabens anne a ao antonio que deus abençoe tão lindas inspirações,bjs com carinho
no mentoresdeluz,tem selinho comemorativo de 300 seguidores
venha buscar o seu no bloguinho posei tambem,no mimoseselinhos,é so copiar
bjs marlene

Antonio Campos

Agradeço Anne a você e aos seus leitores. Simples linhas valorizadas por pessoas iluminadas.

Antonio Campos

Cara Anne dia 19 de outubro passado passei pelo cardiologia quando colocaram nas safenas dois Stends. E ontem dia 13/01/12 retornei pois houve uma rejeição. Mas vaso ruim não quebra rsrrsrsrsr. Mas a ausência maior deve-se aos compromissos com a rádio local. Grato por sua preocupação.

Compartilhe