• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

17/03/2012

Em aprendizado




“ Em Aprendizado “
(Antonio Campos)


aprendi que não se chora
molha-se o rosto com uma água salgada
que fica armazenada dos banhos de mar
e um dia os olhos a colocam para fora

mora em nosso peito alegrias e mágoas
tragamos pulmões a dentro impurezas
desgastes das artes e acêrtos consêrtos
em relógios que são certamente eternos

modernos são os recursos discursos
de profetas trombetas não celestiais
decimais são as cobranças milenares
pilares de uma construção sólida?

Bólida sim é a queda do comêta
retreta em pública praça surpresa
certeza de um comando muito além
Belém também viu sua chegada

passadas eras e as mesmas feras
ergueram-se eretas e em setas
flechas e arcos em direção opostas
apostas em novos testamentos

elementos unidos em varias provas
comprovas tu através das dores
cores muitas de auras em provações
composições a espera de aprovações.

Visite o blog do autor:

AntonioCampos


5 COMENTÁRIOS:

✿ chica

Lindo! abraços ao Antonio e pra ti! chica

LUCONI

Menina Anne, que lindo este poema do Antonio Campos, nossa profundo, para se ler e reler e depois bater palmas, beijos Luconi

Antonio Paulo Oliveira Campos

Obrigado as meninas Anne , Chica e Luconi.

Celina

HOJE VIM ATÉ AQUÍ, E ME DEPAREI COM UMA POESIA LINDA, PARABENS AO POETA, PA TI O MEU MUITO OBRIGADA, UM ABRAÇO CELINA

SONINHA

Outro querido por aqui: o Antônio que conheci pessoalmente em Porto Alegre.
Beijos!

Compartilhe