• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

02/04/2012

Sou como sou







SOU COMO SOU*
( Valeria C.)


Sou um pouco de tudo,
afinal, sou mulher,
caleidoscópica,
às vezes monocromática,
às vezes todas as cores,
sensível, ponderada, intensa,
às vezes chorona, noutras, piadista,
falante, calada...
Não sou de um único jeito,
sou como as estações do ano,
só que às vezes todas no mesmo dia...
Sou flor, mas sei que há momentos
que sou espinho,
sou a leveza no voar da borboleta,
às vezes, nuvem carregada...
Sou Sol, sou Lua,
sou o frescor da chuva
ou a força da tempestade.
Sou além da dualidade...
Sou como sou, enfim,
aprendi a seguir o meu coração...




Visite o blog da autora:





6 COMENTÁRIOS:

✿ chica

Lindo! valéria encanta sempre!! beijos às duas,chica

Élys

Tudo que a Valéria escreve é encantador.
Beijos as duas.

Tunin

Gostei da poesia da Valéria. Vou segui-la.
Abração.

Olhos de mel

Linda prosa poética! Se descreveu muito bem. Um pouco menina, um pouco mulher... O bom é que encontrou seu caminho. Nada como seguir os nossos sentimentos e atender aos apelos do coração.
Boa semana! Beijos

Flavio Ribeiro

Ola,
Que belo poema da Valéria!

Sim, temos que aprender a seguir o coração seja na calmaria ou com a força da tempestade!

Mas até agora estou tentando imaginar uma mulher caleidoscópica. Adorei isso...

Gostaria de fazer uma matéria sobre a mulher caleidoscópcia em meu blogue, inspirada neste poema, posso ?

Abraços Flávio.
--> Blog Telinha Critica <--

ValériaC

Minha flor, grata por colocar minhas palavras por aqui e também minha alegria pelos comentários deixados, beijinhos...
Valéria

Compartilhe