• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

30/05/2012

Amando de novo






( Simone Martins)

Flutuava,
enquanto dançava.
Girava...
Podia senti-la
perto de mim.
Sua saia,
sete véus,
colorida
anunciava
O fim da dor!
Livre e feliz,
ela dançava...
Dançava e flutuava.
Num céu claro
de um azul marinho,
a Lua a invejava.
Estava feliz...
Livre e curada!
Sentia-se amada,
recuperada.
Auto estima elevada,
purificada!
De alma lavada,
ela flutuava, dançava.
Estava amando de novo!

Rosa Azul

Visite a autora em seu blog:

Simone Martins


8 COMENTÁRIOS:

Severa Cabral(escritora)

SIMONE MINHA LINDA!!!!!!!!
VC AMANDO DE NOVO?
HAIHAIHAIHAI!!!!!!
EU SOU Ã INCONDICIONAL DESSA MENINA TALENTOSA...E VC ACERTOU TER TRAZIDO ELA PARA PERTINHO DE NÓS...
BJSSSSSSSSSSSSSSSSSS

Paulo Francisco

Adorei o ritmo deste poema.
Um beijo grande

Arnoldo Pimentel

Um lindo poema da Simone, parabéns pela postagem.Beijos.

✿ chica

Linda,Simone!!Amar é sempre bom!! beijos às duas,chica

marciagrega

Nada para recuperar a auto estima como um novo amor! É a energia que faltava para um coração solitário...

Bjusss

Ana Bailune

E é isso que importa: amar de novo, sempre!

Tunin

Poema dançante gosto de ler para amar.
Abração.

Simone MartinS2

Bom dia querida Anne!
Sem palavras, emocionada e leve como quem recupera as asas perdidas. É ruim quando nos podam, nos impedem de voar, mas ao som de suaves melodias, cantadas pelos amigos de verdade...Voce! Tudo volta ao normal, renasce e floresce como deveria ser sempre!
OBRIGADA pela amizade e carinho...Eu ainda TE AMODORO demais!! Bjinhos e fique com DEUS!!

Compartilhe