• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

05/05/2012

Mau humor? Tô fora!









( MILTON KENNEDY)


Segundo um estudo realizado por uma Universidade da Carolina do Norte, e publicado na revista científica Circulation da Associação Americana do Coração, a raiva pode matar de verdade! Ou, no mínimo, aumentar o risco de sofrer um ataque cardíaco.



Durante seis anos, a equipe (que estudou o comportamento de 13.000 homens e mulheres com idade entre 45 e 64 anos) descobriu que pessoas que se irritam intensamente, e com frequência, têm três vezes mais probabilidades de ter um infarto do coração, do que aquelas que encaram os problemas com mais serenidade.



Isto acontece porque cada vez que a pessoa tem um episódio de raiva, o organismo joga no sangue uma carga extra de adrenalina. A concentração desse hormônio no corpo aumenta o número de batimentos cardíacos e estreita os vasos sanguíneos, o que faz com que a pressão arterial se eleve. A repetição desses momentos de raiva pode gerar a arritmia cardíaca (batimentos descompassados do coração), além de provocar a dilatação das placas de gordura que, por acaso, existam nas artérias.



A propósito do tema reproduzo pequeno trecho do livro “Vida Feliz” do Espírito Joanna de Ângelis, piscografado por Divaldo Pereira Franco, que faz breve observação de como precavermo-nos desses tipos de atitudes.

“No dia de hoje, pelo menos, coloca beleza nos teus olhos, a fim de fitares a vida com lentes mais claras.
Liberta-te das impressões negativas que te acompanharam ao leito, na noite passada, e dispõe-te a encarar o mundo e as pessoas com uma dose de boa vontade.
Notarás que o teu estado íntimo se renovará e tudo adquirirá vida agradável ao teu redor.
A boa vontade, em relação aos outros, retorna como simpatia e camaradagem deles, em relação a ti.
Enfrenta o dia novo, disposto a vencer e conquistando o espaço bom que te está reservado no mundo.”








Fontes de pesquisa para composição do texto:
Informativo SEI, nº 1678 (17/05/2000) do Lar Fabiano de Cristo
http://www.momento.com.br
Revista Veja, edição 1649 -17/5/2000

Visite o blog do autor:

Milton Kennedy

4 COMENTÁRIOS:

✿ chica

Muito bom e não podemos fazer do mau humor, parceiro de vida! Credo!!Também tô fora! beijos,chica

Ana Bailune

O mau humor tem apenas uma vantagem: através dele eu produzo textos engraçados.

Aleatoriamente

Também estou fora!
Mau humor é tão feio né?
Milton, e suas imagens tão bem sintonizadas.Um belo texto para se refletir.

Beijão Anne e milton.

Marcia

Nada de mau humor !!Beijos rs!

Compartilhe