• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

11/05/2012

Pateco aprendendo a superar os medos



Pateco, aprendendo a superar seus medos!

( Minéia Pacheco)


Tomar banho não era uma das coisas que o Pateco gostava de fazer. Corria da água, da chuva, do lago. Água para ele só mesmo as desenhadas nos livros de histórias que sua mamãe sempre contava!
Pateco tinha oito irmãos, todos amavam nadar no lago e lá tomar banho, mas ele ficava de longe a observar, não tinha nenhuma vontade de entrar.
Mas essa teimosia de não querer tomar banho já estava incomodando seus pais e irmãos, pois o Pateco já estava com um cheirinho horrível!
 Como pode alguém passar tanto tempo sem tomar banho?
Não, não... Isso teria que mudar, e já!
A mamãe Patolina falou:
- Pateco, não podemos ficar sem tomar banho e sem fazer a higiene do nosso corpo.
- Mamãe, o problema é que...
Pateco iria falar algo, mas se calou. Então sua mãe insistiu:
- Fale filho, qual é o problema? Quem sabe não posso te ajudar?!
- Tenho vergonha do que vou dizer.
- Não se envergonhe de falar as coisas para mim, sou sua mãe e sempre vou querer seu bem!
- O problema é que tenho medo de água!
- Medo de água?!
 - Isso mesmo, lembra quando eu era bem pequenininho e não sabia nadar muito bem, quase me afoguei no rio?
- Lembro sim, aquele foi um dia de muito sufoco para todos nós, mas ainda bem que tudo no fim deu certo, seu papai mergulhou e te salvou!
- Verdade, mas depois desse dia nunca mais quis saber de água novamente!
- Pateco nós não iremos superar nossos medos fugindo deles. Aquele realmente foi um dia muito difícil para você, mas tenho uma ideia, que tal começarmos a perder esse medo de água com um delicioso banho de bacia?
- Mas mamãe...
- Vai ser muito bom, sei que você ficou com trauma da água naquele dia, mas tenho certeza que de pouco em pouco você irá perder seu medo. E o primeiro passo será o banho de bacia!
- Não tenho coragem!
- Você não sente vontade de participar das brincadeiras com seus irmãos no lago?
- Tenho sim!
- Vamos superar tudo isso... A banheira já está te esperando!
E Pateco foi, sem muita coragem, sem muita certeza, mas foi... Foi tentar superar seu medo de infância, ele tomou seu primeiro banho de bacia e gostou, gostou muito!
O medo ainda não tinha passado totalmente, não estava preparado (ainda) para entrar no lago, mas o primeiro passo já tinha sido dado. Aprendeu duas grandes coisas naquele dia, de que devemos sempre enfrentar nossos medos e que, mais que isso, devemos sempre ter alguém especial do nosso lado que nos ajude a superá-lo.
E com um enorme abraço na mamãe ele disse OBRIGADO!

Visite a autora em seu blog:



5 COMENTÁRIOS:

✿ chica

Adoro as histórias da Minéia!! Um amor mais essa! beijos às duas e tudo de bom nesse dia das mamães! chica

Mauro S

Que linda história Anne, e também uma lição, sempre encarar os nossos medos porque sempre haverá alguém que nos ajude.
Lindo!
Beijos e um ótimo final de semana.
Mauro (Koisas e Coisas)

Tunin

A lição é excelente. Devemos encarar os nossos medos e tentar vencê-los para que eles não nos vençam.
Feliz dia das mães, Anne!
Abração.

Ivana

Que lindo o pateco! A mãe muito sensível foi a grande heroína nessa história, muito propícia para o dia das mães. FELIZ DIA DAS MÃES, querida amiga Anne.
Bjs

Mauro S

Anne, pois é, mas eu não me importo, e quando não entendo aquelas palavrinhas, atualizo as mesmas, e por outro lado, é até bom para a visão (kkkkkkkkk), pra ver se estamos enxergando bem, venho acertando, e hoje foi necessário atualizar apenas uma vez, num único blog, tudo para dizer que comento em muitos blogs com as tais palavras de verificação, e fico impressionado com a tal campanha que fizeram para que os outros, entre eles eu, tirassem as tais palavrinhas.
Tenho muitos blogs, em contas distintas, e todas com este recurso das palavras.
Beijos, e obrigado pela visita!
Mauro

Compartilhe