• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

19/06/2012

De mini saia






DE MINI SAIA


A borboleta...
É linda, beijando a flor.
O poeta falando de amor,
O mar com seu esplendor,
A lua extasiante, tudo é apaixonante.


E por detrás da vidraça a narrativa,
De um coração que foi fisgado pela natureza.
Enroscado, agradecido, completo.
A paragem é bela espiada daqui, veja a substância.


A tranquilidade é moça atenciosa,
E a poesia, de mine-saia vira menina,
E caminha na passarela da vida, ocupando os espaços em branco.
Cuidando nos mínimos detalhes da melodia, batidas num coração de amor,
Que pisca com olhos de mel para a flor.



Menina admirada declara belezas, invadindo os jardins da vida.
Numa alegria sem esgotar-se,
A borboleta, o poeta, o mar e a lua,
Fazem parte de uma só estação.



Suplicantes navegam em corações daqueles que das pontas dos dedos transformam o mundo em verso e prosa. Com sussurros pintando cores imagináveis numa floresta simples que nunca decifrei.



Visite a autora

Fernanda

3 COMENTÁRIOS:

jose claudio

Fernanda é a abelhinha da poesia. Sai polinizando de versos e encantamento todos os lugares por onde passa, deixando um rastro de doçura. Que beleza!

Abraços Anne. Abraços, Fenanda.
Paz e bem.

✿ chica

Que coisa linda.Ler Nanda é maravilhoso! beijos às duas,chica

Tunin

Cheio de charme e graça os versos dela. Vou lá visitá-la.
Abração.

Compartilhe