• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

27/06/2012

Descaminhos









Descaminhos
(Antonio Campos)

Corro a teu encontro
meu caminho desencontro
perco-me então no destino
desatino em meio ao nada

penitencio-me em silêncio
por perder-me de tanto amor
em veredas de um tempo sem fim
só... nas entrelinhas confesso-me



Visite o Antonio.


5 COMENTÁRIOS:

Toninhobira

Linda construção.
Coincidencia hoje falo de entrelinhas onde moram nossas verdades.Ele versou bem.
Belo texto, otima partilha.
Parabens ao Antonio,que visitarei.
Abraços Anne.
Bjo.

Palavras

Nas entrelinhas confesso-me.

Que lindo!Parabéns ao Antônio

Vou lá conhecer o blog!

beijos Anne

Leila

Natural.Origin

Descaminhos.
:)

✿ chica

Linda poesia do Antonio!!abração aos dois,chica

Renata Diniz

Anne! Reflexiva poesia do Antônio. É preciso discernir os caminhos. Beijos!

Compartilhe