• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

19/07/2012

Interrogações





INTERROGAÇÕES
( CALU)


Crescemos 
levando à boca
as interrogações
penduradas,
hora uma,
hora outra
se faz palavra
lançada.
Faz parte do
ser, crescer
perguntando,
escolhendo, 
sonhando 
e aceitando.


Visite a autora: Calu


6 COMENTÁRIOS:

Daniel Costa

Anne Lieri

O poema de Calu, é uma voz da razão. Sem dúvida, as nossas vidas, são uma permanente interrogação.
Beijos

Ana Bailune

As perguntas penduradas... as respostas?... Não sabemos onde estão todas.

Rita

Bom dia!!!
Tudo que é belo faz a gente feliz e visitar vc é uma delas a felicidade está junto dos amigos
Abraços carinhosos, com essa bela postagem que faz a alegria do meu dia!!!
Bjusss pelo prazer de ter vc no meu cantinho
Rita!!!!!

Morgan Nascimento

Olá, parabéns pelo seu blog!!
Se você puder visite esse blog:
http://morgannascimento.blogspot.com.br/
Obrigado pela atenção

Orvalho do Céu

Olá, queridas meninas
A Calu faz exatamente o que descreve nas últimas estrofes... incrível!!!
Bjm de paz às duas

Calu

Anne,
Tô pasma.Vim hoje visitar a entrevista de Luma e dou-me por aqui.
Meniiiina, como é que não fiquei sabendo desta deferência especial na época que se deu????
Tô arrasada por não ter vindo lhe AGRADECER tamanho carinho e oportunidade.
Desculpe-me! De fato devo ter estado meio ausente e por isso não ter passado por aqui.
Às vezes quando acontecem carinhos como este e eu não vejo, a Chica me dá um toque. Desta feita nem ela viu.Desculpe-me novamente.

MUITO OBRIGADA,mesmo, Anne.Estou lisonjeada em estar no Recanto.
Bom domingo.
Bjos,
Calu

Compartilhe