• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

29/08/2012

...






...
( Luna di Primo)


Quando em vida souber da minha morte,
Terá remorso pelo que já fez;
Sentirá a pura dor da sua vez,
Pelas palavras, ruins, ditas tão forte.

Lágrimas que caírem serão o corte,
Da navalha na alma sem nudez;
Corroída em lembrança e sordidez.
Então se chamará signo da sorte.

O sangue correrá livre de corte.
Por todos orifícios verá,
A vida se esvair sem sua força

E, mesmo, todo mal que venha e torça...
Grito silencioso a esse norte,
Chamará, mas, ouvido não será.

Visite a autora: Luna Di Primo  http://img1.blogblog.com/img/icon18_email.gif



13 COMENTÁRIOS:

Kunti/Elza Ghetti Zerbatto

Oi Anne!
Parabéns pela postagem e a Luna pelo belo e intenso poetar.
Gosto da intensidade dos versos e de tudo o que ela escreve.
Uma ótima quarta-feira para ti.
abração com carinho

António Jesus Batalha

Olá , passei pela net encontrei o seu blog e o achei muito bom, li algumas coisas folhe-ei algumas postagens, gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns, e espero que continue se esforçando para sempre fazer o seu melhor, quando encontro bons blogs sempre fico mais um pouco meu nome é: António Batalha. Como sou um homem de Deus deixo-lhe a minha bênção. E que haja muita felicidade e saude em sua vida e em toda a sua casa.
PS. Se desejar seguir meu blog fique á vontade, eu vou retribuir.

✿ chica

Lindo poema, como todos de Luna!!beijos às duas,chica

Sonhos e Carinhos

Oi Anne vim conhecer aqui... Manina Voadora já conhecia.. muito bom te seguir..
"Quando paro para refletir. Sinto que há muitas pessoas que sem estarem ao meu lado, me acompanham sempre..
Outras a quem amo, vivem imersas assim como eu, na rotina diária.
Todas tem me ajudado a ser EU...
Aquelas que me querem bem, e me guardam em seus pensamentos...
Aquelas que comigo se alegram e as que sofrem minhas penas...
Aquelas que me amparam quando enfraqueço...
Aquelas que amo sem que saibam...
Aquelas que me amam, e eu não sei...
Aquelas que sinto tão perto, embora a quilometros de distância...
Aquelas que as tenho perto, e não lhes dedico o tempo que merecem..
Todas que fazem com que minha vida tenha realmente sentido...”
Desejo que a vida lhe sorria e que a felicidade lhe acomp anhe sempre.
beijos
Lucinha(Timel)
http://sonhosecarinhosdetimel3.zip.net

Ana Bailune

Mas será tarde, depois da morte... pena pensarmos que somos eternos. Lindo poema da Luna!

Luna Di Primo

bommmmm diiiiaaa... kibom me encontrar aqui... o astral aqui é ótimo e estar com um poema exposto nesse clima o faz até mais bonito...obrigada, Anne, sempre... o seu carinho nos eleva e enleva criando um círculo de carinho e laços fraternos... o universo agradece e retorna com a paz e com a luz.... bjuuuuuu

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR)

Sombrio, intenso, provocador! Também já andei bulindo com a morte em alguns poemas, mas não com tanto brilhantismo. parabéns. beijos

Arnoldo Pimentel

Parabéns por essa postagem, sou admirador do trabalho da poetisa Luna.Beijos.

AFRICA EM POESIA

gostei de passar por aqui
matei saudades
Anne passa no meu blog Dedais da Lili
se encontrares algum perdido lembra-te de mim... beijos

Daniel Costa

Anne Lieri

Que belo poema, de Luna Di Primo!
Beijos a ambas

LUCONI

Anne Luna é uma amiga muito especial, é cheia de mistérios como a Lua, mas sempre nos oferece belas obras, linda poesia adorei, parabéns a Luna e a você que a trouxe pra cá, Luconi

AFRICA EM POESIA



ANNE


obrigada<pela visita. a minha colecção está a<chegar aos mil. este fim de semana estive em MADRID E COMPREI VERDADEIRAS BELDADES.

espero ESTE MªÊS DE SETEMBRO TER OS PRIMEIROS DO Brasil...
depois COLOCO NO BLOGUE...


HOJE EU TBM NÃO CONSEGUI POSTAR NO BLOGUE PENSO QUE É PROBLEMA DO PC.


BEIJINHOS

Liz - Como as Cerejas da Minha Janela...

Nossa, que poema forte, pulsante... lindo demais...

Que bom ter nos trazido ela aqui também. Esta poeta divina, maravilhosa! em especial para mim, que me apresentou os mindins. Sabe que estou treinando? quem sabe...

Um bjo querida!

Compartilhe