• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

14/09/2012

Carpe diem



( Carlos Soares)








Se for para chorar que seja de alegria.
Se for para escrever que seja poesia.
Se for para voar
que seja acima das nuvens para que nada tape meu front,
é tão lindo um pássaro cruzando o horizonte!
Se for para sonhar que seja de olhos abertos
ainda que sejam sonhos incertos.
Olhos fechados só à noite
para suportar no leito o açoite
de recordar,
e tentar consertar o que não pôde ser feito.
Há um labirinto no meu peito.
Se for para cantar que seja um divino cântico,
Ou um canto romântico, lírico, semântico.
Eu sou Carpe Diem
Eu sou sempre Sim,
Não sou exatidão, sou emoção
Sou liberdade e simplicidade
Não sou ciência, sou essência
exalando poesias mundo afora.
Se for para viver que seja agora
nada de antes ou depois.
Solidão...
Só se for a dois.



Visite o autor: (CARLOS )


7 COMENTÁRIOS:

Jack

otima noitee..

LUCONI

Um texto forte e sensível ao mesmo tempo, gostei muito, parabéns ao Carlos e a você minha amiga, beijos Luconi

✿ chica

Carlos sempre maravilhoso!! Mais um lindo texto! abração aos dois,chica

Sinval Santos da Silveira

Bom dia!
Parabens pelo belo trabalho.
Adorei.
Tenha uma sexta feira feliz.
Sinval

Patrícia Pinna

Bom dia, Anne. Lindo mesmo, de fazer sonhar acordado.
A liberdade, poesia, e o sorriso liberto são melhores coisas que podemos carregar conosco.
O Carlos escreve muito bem, gosto dele demais, é um amigo querido que exala sensibilidade!
Beijos na alma e fique na paz!

Sônia Silvino (Crazy about Blogs)

Uau!!!! Adorei! Bela reflexão!
No meu celular, a primeira mensagem que aparece ao ligá-lo é "Carpe diem".
Beijooooo!

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR)

Obrigado a todos pelos comentários.

Compartilhe