• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

17/09/2012

O pote encantado


O pote encantado
( Dora Duarte)





Além do arco-íris existe,
Um pote de ouro encantado,
Quem não cobiça tem acesso,
Por acaso é encontrado.

Quem cobiça não tem sucesso,
Vê ao longe, perto é só miragem,
Quando volta, volta lamentando,
De ter  em vão feito a viagem.

Sêde como criança inocente
Que sonha livremente, viaja,
Numa viagem imaginária
Acha, toca
o pote encantdo
E na magia to toque
O ouro não é ouro,
É a própria  felicidade.
Dora Duarte


Visite a autora: DoraDuarte 



6 COMENTÁRIOS:

✿ chica

Muito lindo! Um beijo às duas, tudo de bom,chica

manuela barroso

Cobiça, inveja
só a tem quem não está bem
e tudo dos outros deseja
Lindo poema e reflexao
Parabéns Anne e Dora
Beijinhos

Toninhobira

Beleza de inspiração neste pote de ouro para uma analogia perfeita das mazelas humanas.Parabens a Dora.
Grato pela partilha Anne.
Uma boa semana.
Abraços.
Bjo.

pensandoemfamilia

Linda inspiração. Fui no blog de sua amiga, mas infelizmente há grande dificuldade para se conseguir comentar. Adorei o que lea escreveu sobre a boneca, mas o comentário não entrou.
bjs

Renata Diniz

Anne! A cobiça é algo muito feio e a lição nessa poesia ficou linda! Beijos!

DoraDuarte

Obrigado Anne e a todos que aqui comentaram. O blog está disponível para quem quiser postar, só que deve ter acontecido algum desajuste, mas agora está tudo bem. Beijos Dora Duarte.

Compartilhe