• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

15/09/2012

Sonhos seguros






( Celia Gil)



Enquanto a minha mão não me doer
Erigirei de palavras castelos
Fortes e de sentimentos bem belos
Para minh’alma se fortalecer.

Solidificarei bons sentimentos
De raízes sempre presas ao chão,
Que não quero subir sem direção
E cair do alto dos pensamentos.

Quero asas imbatíveis de um falcão
Para empreender meus sonhos seguros,
Asas que conheçam a direção,

Que sigam os meus instintos mais puros,
Conciliem emoção e razão
E tornem os percursos menos duros.


Visite a autora: CELIA GIL


4 COMENTÁRIOS:

✿ chica

Adoro todos os poemas da Celia, aliás gosto de tudo lá: suas receitas, ver sua horta, tudo por lá é legal! beijos às duas,tudo de bom,chica

Gracita

Que poema lendo amiga! Desejo a você muitas bênçãos... carinho....sorrisos...amor e que a felicidade te abrace no dia de hoje.
Beijinhos com minha amizade
Gracita

Toninhobira

Um belo soneto da Maarcia neste Sonho de puros sentimentos plenos de razão.
Grato Anne pela partilha.
Carinhoso abraço amiga.
Bjo.
Bom domingo com alegria.

Renata Diniz

Anne! Essas palavras formaram o castelo dos sonhos de muitos. Beijos!

Compartilhe