• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

30/10/2012

Boneca de pano


BONECA DE PANO !
( Severa Cabral)





Vivendo à primavera
depois do outono
tem um sorriso no ar
para viver um sonho
uma festa de palavras
dentro da perfeição
para um lindo poema
com a delicadeza da porcelana
que deixa um toque de magia
em perfeita harmonia
para guardar na lembrança
a criação de uma boneca de pano
que sabe ser sempre carinhosa
igual ou pedaço de mim
com cheiro de rosa e jasmim...



Visite a autora:Severa Cabral (escritora)

Direitos autorais reservados
lei 9.610 de 19/02/1998




5 COMENTÁRIOS:

Severa Cabral(escritora)

rsrsrsrsrsrsrrsrsrsrsr
rsrsrsrsrsrrsrrsrrsrrrs
rsrsrsrrsrsrrsrrsrsrrrsrsr
Desta vez peguei no quente,saído do forno.
Minha querida e amada amiga!!!!!!
Só tenho que agradecer esse espaço que vc nos oferece com tanto amor e carinho...
Te desejo muita saúde para que possas sempre fazeres o que gostas que é interagir com todos os blogueiros sem distinção ,isso te faz um ser amado e querida sempre .
Deixo um xero no meio dos ois,rsrsrs,
ok!!!!!!

✿ chica

Que legal ver a Severa aqui.Adoro essa guria,empolgada com a vida sempre! LINDA ! beijos às duas,chica

Ana Miranda

Boneca de pano...

Boas lembranças de infância.

Belíssimo poema!!!

Deu vontade de brincar com uma...

silvioafonso

.


Oi,
Amanhã eu falo dos
que partiram sem a
mínima vontade de nos
deixar. Quando você
chegar eu dou os de-
talhes deste fato, já
que nada é tão boni-
to quanto o que você
escreve.

Espero por você.

silviofonso






.

Sônia Silvino (Crazy about Blogs)

Minha avó paterna fazia bonecas de pano para eu brincar. Eram feiosas, mas eu adorava. Era um carinho dela que eu sabia reconhecer.
Beijos meus!

Compartilhe