• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

29/10/2012

Notícias


( Dolce Vita)






Perdeu família, casa e trabalho, mas mantinha os jornais por perto. À noite cobria-se com eles. Pela manhã lia como se ainda fosse o editor.

Visite a autora:Dolce Vita

10 COMENTÁRIOS:

Ana Mestre

E como este...existem cada vez mais...

✿ chica

Triste,lindo! E Dolce Vita sempre arrasa nas criações! beijos às duas,chica

Toninhobira

A trajedia humana tão comum,na bela arte da querida Dolce.Linda escolha Anne, esta escritora me encanta com sua arte deste o Recanto.
Um abração para voce duas.
Beijos.

Ana Miranda

É...

Tudo pode nos ser tirado.

Menos nosso saber!!!

Anne, como sempre, fazendo escolhas felizes.

Parabéns à autora.

Dolce Vita

É uma alegria ter mais um dos meus microcontos postados nesse espaço. Muito obrigada, Anne. Beijos querida

Lita

Triste, real, mas poético. Por detrás de cada mendigo e sem-abrigo, escondem-se tantas vidas...
Gostei muito. Beijos e boa semana.
Lita

Janice Adja

Assim estão tantos que nem damos contas.
Beijos!!!

D. Garcia

Porque o homem (aqui genérico, como ser humano) só deixa de sê-lo quando perder a dignidade. Que se perca tudo; contudo, seja digno.
Bela escolha, Anne! Abraços. Daniel.

Ivaneide Henrique

Olá miga!!

Boa noite!!


Felicidades sempre!!

FELIZ SEMANINHA!!!

Beijosssss

Sônia Silvino (Crazy about Blogs)

Infelizmente é a vida...
Beijo grande, Anne!

Compartilhe