• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

04/10/2012

Resoluta





RESOLUTA
( Leila Rodrigues)


Não me olhe assim, com essa cara de espanto. Garanto a você, não é solidão. É apenas gosto pela minha própria companhia. Embora eu continue adorando a companhia dos amigos, da minha família, dos meus filhos e das pessoas queridas. Hoje gosto da minha companhia. Divirto-me com os outros, mas aprendi a me divertir comigo também.
Também não chame de pretensão. Não me sinto autossuficiente, não me tornei uma ilha. Ainda sinto medo, sinto falta das pessoas, sinto saudade como qualquer mortal. Tá certo que hoje sinto de um jeito diferente, mas te asseguro que a intensidade das minhas emoções continuam as mesmas.
Longe de ser desilusão. Ainda quero me iludir e me desiludir muitas vezes nesta vida. O amor não cria débito quando o outro se vai, pelo contrário, abre o espaço para mais amor, para outras e novas ilusões. E se houver desilusão? Que esta libere novos espaços em meu coração.
Não sei te responder se há um significado para o momento em que resolvemos experimentar a nós mesmos. Já tive momentos de experimentar tudo e eles não tiveram nenhuma classificação, nenhum significado oficial. Já experimentei as pessoas e já permiti que me experimentassem também. E nada disso foi anormal. Então por que experimentar a nós mesmos é tão inquietante para os outros?
Estou apenas aqui neste lugar que eu escolhi com certeza e tranquilidade. Eu sei, a minha certa certeza te assusta, te deixa inseguro. Não fique, olhe-me novamente e veja o quanto estou seguro das minhas escolhas. Estou resoluto demais para temer a queda. Não tema por mim.
Não me faça perguntas por que eu não tenho nada a responder. Não me peça explicação porque eu não tenho nada a explicar. Deixe-me aqui. Eu estou muito bem. Eu me sinto seguro aqui. Eu escolhi este momento e este lugar. E nada pode ser melhor do que nossas escolhas.





Visite a autora: Leila Rodrigues

Foto: Vinícius Costa (filho da Leila)

3 COMENTÁRIOS:

✿ chica

Lindo reler esse texto da Leila!! beijos às duas,tudo de bom,chica

Patrícia Pinna

Bom dia, Anne. Belo texto da Leila.
Nossas escolhas são sempre fundamentais.
Se em determinado tempo escolhemos o isolamento em nós mesmos, é porque este deve estar nos fazendo um bem imenso.
Beijos na alma para as duas!
Fique na paz!

Sônia Silvino (Crazy about Blogs)

Solidão por opção é bom!
Beijocas!

Compartilhe