• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

19/01/2013

Recanto entrevista Ana Luisa Santos.


RECANTO ENTREVISTA ANA LUIZA  SANTOS
( Anne Lieri)



Ana Luisa Ribeiro dos Santos nasceu em Lisboa, Portugal.


Em 2011 publicou o livro " Duas faces, uma só pessoa".

Escreve no blog: " O meu be a bá".



Clique AQUI e saiba mais sobre seu livro!






Esta é sua poesia e melhor apresentação:

Fado


Na taberna da esquina
Cantam fados à desgarrada
Bebem de vez em vez um golinho do tinto 
Durante toda a madrugada
É fado com guitarra
É a voz do povo
É a música do antigo
E agora também do novo

Ouvem-se acordes afinados
Aplausos dos conhecidos
Gritos da plateia
Ficam todos embevecidos

Na mesa do fundo 
O rapaz pisca o olho à menina fadista
Ela provoca e responde 
Com uma rima arisca

Ele ouve e aplaude
Levanta-se e suplica
Vamos fazer uma desgarrada
Uma desgarrada com a menina bonita

Ela sorri e aceita
Levanta a sua crista
Pensa levar a melhor
Só porque do outro canto da sala se ouve: Ah fadista!

A tradição continua 
Nos bairros de Lisboa
É do povo português
Fica no ouvido, olha que bem que soa!

Direitos reservados ao autor Ana Santos
 Continue lendo...





Recanto- Ana, é um prazer ter você como a primeira entrevistada do Recanto dos autores esse ano! 

O prazer é todo meu, vou ter o meu minuto de fama (risos). 

Espero que todos entendam o que vou escrever visto que o seu blogue é mais visitado pelo público brasileiro e eu sou portuguesa. 


Poderia responder tal e qual uma cidadã brasileira mas acho que devo preservar e dar a conhecer a minha cultura.





1-Obrigada! Nó brasileiros somos filhos e netos de portugueses também e sua cultura nos é muito querida e familiar!

O que a motivou a escrever? Já escrevia quando criança?

Por incrivel que possa parecer nunca gostei muito de ler e escrever desde pequena, somente lia na sala de aula quando a professora perguntava quem queria ler algum texto da matéria eu oferecia-me sempre, gostava de ler em voz alta e era uma maneira de me manter atenta à aula. 

Comecei a escrever por mera brincadeira com um amigo. 


Num dia ele mostrou-me um poema escrito por ele e no dia seguinte passámos o dia a falar por mensagens sempre a rimar. 


Nessa altura eu atravessava uma fase muito complicada da minha vida e certo dia experimentei transpôr toda a minha mágoa numa folha de papel. 


Foi o meu primeiro texto. Trabalhava a dar aulas de natação e hidroginástica e foi numa pausa do trabalho que comecei a escrever. 


A partir daí não parei mais. Criei um blogue onde postava os poemas e mais tarde editei um livro. 


Comecei também a ler pois penso que para se escrever bem tem que se ler muito e confesso que hoje ganhei o gostinho pela leitura.






2-Fale um pouquinho de sua infância: tem boas lembranças?


Infelizmente não me recordo muito da minha infância, talvez por ter sido um pouco atribulada marcada pela separação dos meus pais e pelos conflitos familiares. Tudo o que me recordo foram acontecimentos maus.




3-Pode nos contar sobre sua família : tem filhos?

Sou uma rapariga de 22 anos e solteira, sem filhos. Venho de uma familia humilde e trabalhadora, sou filha de feirantes e neta de agricultores. Sigo os passos dos mais antigos mas anseio um dia “ser alguém”.



4-Você já é alguém muito querida por todos nós aqui do Recanto.
Tem outras atividades além de escrever? 


Não. Apesar de considerar a escrita um hobbie de momento é só o que faço. Tenho dois projetos em andamento. Um romance para editar em breve com o nome de “Luzemia”, e um outro projeto dificíl, mais demorado mas engraçado. 

Estou a criar, juntamente com um grupo de amigos, uma coletanêa de livros infanto-juvenis com historias cada uma com um valor moral. A estes livros serão anexados cd´s com a mesma história, para que todas as crianças com limitações ou não possam desfrutar dos ensinamentos.



Muito legal , Ana Luisa!Espero que dê certo!

As crianças precisam de incentivos á cultura!




Esta entrevista continuará amanhã!

Se puder, venha saber mais da Ana Luisa!

Seu link está aqui: Ana Luisa.

6 COMENTÁRIOS:

Arnoldo Pimentel

Gostei muito da entrevista e com certeza acompanharei a continuação.Beijos

Ana Bailune

Uma moça talentosa! Acredito que as boas lembranças da infância virão mais tarde... com a maturidade.

Sensibilidade a navegar com poesias

Adorei seu espaço aqui, do seu trabalho...parabéns

Ana Miranda

Ela é muito jovem, mas pareceu-me bem madura e sincera pelas respostas dadas.

Sucesso a ela!!!

Augusto Sperchi

Olá Anne! Que prazer em ler a entrevista que fez com a jovem e despretensiosa escritora Ana Luiza. Seu poema é maravilhoso e mostra seu talento em versejar. Abraços e parabéns para ambas!

Ana Santos

Aew! Venho agradecer a todos os vossos comentários. Um beijo no coração de cada um. :)

Compartilhe