• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

10/09/2013

Experiência clínica na abordagem sistêmica

Experiência clínica na abordagem sistêmica
(Norma Emiliano)




Hoje o Recanto dos autores convidou nossa amiga e blogueira

Norma Emiliano para escrever um texto sobre terapia familiar,

especialidade da Norma do blog Pensando em família.

Obrigada Norma por aceitar nosso convite!





Compartilhar sobre minha experiência como terapeuta é ter como ponto de partida a Terapia Familiar Sistêmica que, desde a minha formação, iniciada em 1992, transformou-se em uma das minhas paixões.

Na base dessa teoria encontra-se o desenvolvimento das noções sistêmicas com relação ao comportamento humano, ou seja, não se pode compreender o indivíduo isolando-o do seu contexto, tendo em vista que o indivíduo e o ambiente são dependentes e interligados.  Desta forma, o que rege a terapia familiar é o pensamento de que todas as partes são interdependentes, pois as propriedades do todo têm sua origem nas interações entre as partes. Os comportamentos influenciam-se mutuamente. Desta forma, as questões são analisadas a partir do conhecimento sobre a dinâmica familiar e a transgeracionalidade é enfatizada. O sintoma é considerado com uma metáfora do problema. Portanto, é uma forma diferente de se compreender saúde/doença, contribuindo para ampliar as intervenções terapêuticas.

As técnicas utilizadas têm como objetivo atuar na repetição dos problemas interacionais e se baseiam na aliança terapêutica, na melhoria da comunicação e  em  técnicas diretivas (no aqui e agora).

Os atendimentos podem ser feitos, de acordo com as necessidades, com o individuo, casal e/ou família.  É importante que haja uma demanda espontânea. Não há processo terapêutico sem que o (s) envolvido (os) se comprometa (m).

A maior demanda em relação às famílias, na minha clínica, são problemas oriundos dos limites familiares com os filhos e conflitos entre casais, cujos temas mais tóxicos são: família de origem, dinheiro e sexo. Em relação ao jovem adulto solteiro a indefinição das escolhas profissionais, as dificuldades para a autonomia e os relacionamentos voláteis são temas que geram angústias.

No meu blog pensando em família privilegiei um espaço para perguntas e respostas, sendo que o maior índice de questionamentos tem sido sobre educação dos filhos, dificuldade de aprendizagem, separação, relacionamentos familiares: pais/filhos; fratria; entre outras.

Enfim, é uma área de atuação na qual várias categorias de profissionais (assistente social, psicólogo, pedagogo, entre outros) podem atuar com a devida formação.

A identificação da repetição dos padrões relacionais leva ao autoconhecimento e a diferenciação do self. *,  possibilitando uma melhor qualidade de vida mental e física.

Agradeço a Anne Lieri pelo seu convite que me deu a oportunidade de escrever sobre a minha experiência profissional na clínica e finalizo com a frase de um dos autores em que baseio a minha prática e meu direcionamento pessoal.

Compreender os mecanismos relacionais, diferenciar-se, desfazer triângulos e modificar os velhos modelos não é para mim unicamente um objetivo terapêutico, é também a meta da vida de qualquer individuo que deseje conquistar a liberdade e o conhecimento dos sistemas com os quais se relaciona (Bowen, 1979).


*Diferenciação do "self" - capacidade do sujeito de perceber sentimentos e pensamentos, diferenciando os próprios dos alheios.


Visitem a autora clicando em seu nome:


Terapeuta de Casal e Família

11 COMENTÁRIOS:

✿ chica

Que bom ver a nossa querida Norma mostrando um pouco do seu trabalho, que é tri importante e ela , só pelo seu jeitinho de ser, nos passa uma impressão de seriedade, competência e assim desempenhar suas funções!


beijos às duas! chica

Lita

Gostei muito do post. Muito interessante., mesmo.
Obrigada.
Beijos
Lita

Yasmine Lemos

Nossa amiga é show! Parabéns Norma
beijo

Sonia Beth

Excelente. Beijos, Norma

Toninho

Uma ótima ideia trazer a Norma com toda esta generosidade que ela tem no pensandoemfamilia com tópicos que acabam sendo de serventia para todos, numa verdadeira aula de comportamentos.
Aqui com as definições técnicas, para que possamos entender um pouco desta nobre e difícil atividade. Reforço,que seria ótimo se os governantes pudessem interessar e colocar estes profissionais para acesso das pessoas mais pobres, que convivem com todas as mazelas de comportamentos que bem poderiam ser amenizados por este profissionais.
Parabens Anne e grato à Norma por esta partilha do saber.

Carinhoso abraço Anne.
Bjos para voces.

pensandoemfamilia

Anne obrigada, mais uma vez, pela oportunidade de falar da minha profissão. Grata aos amigos que compareceram e deixaram seus comentários.
bjs

Élys

Através deste post, conhecemos um pouco mais deste trabalho tão importante que a Amiga Norma realiza com tanta dedicação e de forma muito amorosa.
Um beijo as duas,
Élys.

Pepi,Xixo,Juja,Jujuba

Adorei conhecer um pouco sobre o trabalho da Norma
Um beijinho para ambas
Com todo carinho de
Verena e Bichinhos

Lúcia Soares

Se todos pudessem fazer uso da terapia familiar, quantas vidas seriam poupadas de sofrimento, não?
A Norma, pelo seu jeito de lidar com o blog me passa uma paz e uma eficiência perfeitas. Desejo que sua carreira seja sempre de muitas alegrias, Norma.
E, Anne, sempre é bom conhecer mais as pessoas com as quais convivemos, ainda que apenas virtualmente. E sua capacidade de trazer pessoas que têm realmente algo a mostrar é sempre gratificante.
Beijo nas duas.

Beth/Lilás

Muito bom ler sobre este trabalho tão importante que a amiga Norma desenvolve. Eu a coneço pessoalmente e sei que é uma profissional séria e dedicada.
Legal, Anne, você trazer amigos blogueiros em seu espaço.
Um super beijo carioca.

Orvalho do Céu

Olá, meninas!!!
Conheço pessoalmente a Norma e tem um jeito meigo de ser... creio que é fruto de relações fraternas múltiplas que adquire com os demais com quem se relaciona profissionalmente...
Gostei muito de ver os problemas mais captados atualmente e que levam aos consultórios monte de gente esperançosa...
Bjm de paz e bem às duas

Compartilhe