• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

01/11/2013

Poemeto á lua


POEMETO À LUA

(Maria Emilia Moreira)





Ando a espreitar a lua
noite adentro.
Redonda, clara e nua
vem descendo lentamente…

e a corda ali tão perto
a atravessar a rua!
Poemeto a lua


A noite um pouco sombria
tornou-se alva, brilhante!
E a lua equilibrista
dança, rebola, assim roliça,
faz lembrar uma mestiça
na arte de encantar!

Eu, que a ando a espreitar,
por certo não terei jeito
de fugir ao seu feitiço
e, fico presa…a cismar!




Visite a autora em seu blog:



6 COMENTÁRIOS:

Mirtes Stolze.

Bom dia Anne.
Nesse amanhecer,quero lhe desejar um més de novembro de paz,alegrias e muito amor.
Que seja um lindo més para todos nós.
Um ótimo final de semana.
Que Deus lhe abençoei.
Abraços.

✿ chica

Lindo poemeto, bem inspirado!beijos às duas,chica

http://odeclinardosonhos.blogspot.com

Olá minha amiga Anne!
Sempre incansável na divulgação dos nossos trabalhos!!!!
Olha não conhecia o trabalho da Maria Emilia mas já fui visitar e já estou sendo seguidora!
beijo amiga
Parabéns Maria Emilia teu teu excelente trabalho
anacosta

Renata Diniz

Anne! Essa poesia é lindamente macia. Beijo!

aluap

A noite... a lua ...as cores...as sensações…É poesia e eu gostei!

Beijinhos e bom fim de semana.

Orvalho do Céu

Olá,querida Anne
A lua é de enfeitiçar mesmo... inspira e enternece a alma...
Bjm de paz e bem

Compartilhe