• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

18/11/2013

Sem amarras



SEM AMARRAS

(Anne Lieri)




Sigo assim a correnteza,
Livre, solta e sem amarras...
Não há nada que me prenda,
Não tenho as mãos algemadas.
Sem lenço e sem documento,
Sigo sem planos de voo,
Solta nessa correnteza,
Sem pensar em tempo, espaço...
Sigo leve, sem ter laços,
Sem ter pressa, obrigação...
Se há culpa nesse ócio
Não a tomo prá mim, não!




Se Deus que é Deus descansou
 Com seis dias de criação,
Quem sou eu prá discordar?
Quem sou eu prá dizer não?
Sem amarras vou feliz, nessa procrastinação.
Na rede me espreguiçar,
Do sonho não abrir mão...
Tomar um banho de rio,
Olhar o céu, virar ar.
Sem ter nada prá fazer,
Sem precisar respirar,
Sem nem ter no que pensar,
Apenas procrastinar...




7 COMENTÁRIOS:

✿ chica

Lindo,lindo,Anne! Todos temos direito a ficar assim, curtindo apenas e aproveitando a natureza e vida! Muito legal! beijos,chica

Daniel Costa

Poema rítmico bem imaginado. Dá vontade de em subtítulo - Tempo sem tempo.
Beijos de amizade

Renata Diniz

Anne! Livres para sonhar é bem melhor o viver! Beijo!

Orvalho do Céu

Olá, querida Anne
Isso mesmo!! Até Deus descansou para nos mostrar a necessidade do repouso pós trabalho...
Bjm de paz e bem

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR)

Muito bom, Anne, sentir-se liso, leve e solto de amarras, não dar muita bola para as coisas de vez em quando, esnobar um pouco toda essa engrenagem inventada pelos homens. Bom demais o texto. Parabéns.

Carla Fernanda

Um título leve que faz voar.
Beijos

Kunti/Elza Ghetti Zerbatto

e assim és mais feliz.
linda poesia e reflexão.
envio-te a resposta por e-mail.
abração com carinho

Compartilhe