• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

28/04/2014

A formiguinha que não gostava de passar roupa

A formiguinha que não gostava de passar roupas

(Elza Kunti)







Mamãe Formiguita é uma excelente dona de casa.

Seu formigueiro é sempre muito limpo e organizado, sendo um verdadeiro exemplo para outros que perto dela estão.

Seus filhotes vão sempre para a escola muito asseados, cheirosos e de uniforme impecável.

Pelo seu cuidado e carinho recebe muitos elogios de dona Formiguete, a professora de seus filhos.

Mas o que as outras formigas vizinhas não sabem, é que dona Formiguita detesta passar roupas.

Fica agitada, nervosa e irritada quando passa de um lado as camisetas, e do outro amassa rapidamente.

Que tormento!

Seu marido trabalha como motorista de uma empresa e troca de camisa diariamente.

As vezes ela reclama:

- Meu Deus Formiga, será que o senhor pode me ajudar?

E mesmo assim passa super bem todas roupas.

Um dia seu marido, o senhor Formiguito em sua folga resolveu ajudá-la na sua árdua tarefa.

Foi um desastre total!

O ferro caiu no chão, ele quase se queimou e também a roupa.

E dona Formiguita, que estava feliz pela sua iniciativa do maridão, agora ficou muito brava então.

Colocou as patinhas na cintura e disse:

- Formiguito, deixe isso comigo porque você é muito atrapalhado!

O Senhor Formiguito ficou muito triste, pois sua única intenção era deixá-la mais calma, mas aconteceu justamente o contrário.

Ele saiu de anteninhas baixas e foi assistir televisão na sala de seu formigueiro querido.

Dona Formiguita percebeu que havia sido injusta e foi se desculpar.

- Formiguito, me perdoa querido.

- Eu fico nervosa quando passo roupas.

- Desculpe-me por ter te ofendido.

Então o senhor Formiguito teve uma ideia:

- Tudo bem querida. - disse ele.

- Que tal comprarmos um aparelho de som portátil, e você ouve música enquanto passa roupas?

- Isso não vai fazer o serviço ficar menos chato querido, meu amor. - disse dona Formiguita.

- Com certeza não, mas você ficará mais calma, e enquanto ouve a música se distrairá e nem perceberá o tempo passar. - disse o senhor Formiguito.

- É verdade amor e eu não tinha nem pensado nisso. - disse dona Formiguita.

- Quer saber? Gostei! - disse ela animada.

- Vamos dar uma volta no Formiga Shopping, e lá comparemos seu som. - disse o senhor Formiguito.

- Adorei! - disse ela feliz.

E depois do almoço, dona Formiguita, senhor Formiguito e seus dez filhos, foram ao shopping curtir e comprar o som portátil.

As crianças brincaram bastante, tomaram sorvete e todos passaram um sábado feliz.

Agora dona Formiguita passa as roupas mais alegre ouvindo seus cds e a rádio Formiguex, a mais ouvida nos formigueiros da cidade.


Visite a autora:






imagem: www.photoshoptotal.com.br

8 COMENTÁRIOS:

✿ chica

Um amor essa formiguinha da Kunti que é como eu detesta passar roupas,rs bjs às duas,,chica

Kunti/Elza Ghetti Zerbatto

Bom dia minha querida!
Ai, ai, ai, hoje é dia de passar roupas.
Segundona,rs.
Adorei a homenagem.
Obrigadão mais uma vez.
uma ótima semana para ti.
abração com carinho

Ivone

Essa formiguinha, rs, pois é, acho que passar roupas é uma das tarefas que quase ninguém gosta, ams se temos de fazer que seja ouvindo um bom som!
Amei ler!
Abraços!

LUCONI MARCIA MARIA

Uma delicia de se ler, os contos da Elza são assim, gosto muito, passar roupa é a última coisa que faço, não gosto mesmo, um bom dia pra você Anne, bjos Luconi

Thieres Duarte

Conto muito lindo, parabéns, comecei a ler e me encantei e fiquei curioso para saber o desfecho, muito bom mesmo.

Simone Felic

Que boa idéia , agora ela vai fazer o trabalhos mais contente , já que do trabalho ninguém escapa.
beijinhos tenha uma boa semana.
http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

Andre Mansim

Hehehehehehe muito bom! Parabens!

Beatriz Bragança

Querida Ane
Muito obrigada por ter trazido até nós uma imaginação prodigiosa como é a de Elza Kunti.
Música para ajudar a passar a ferro!
Formigas a trabalharem ao som da música!
Gostei do relevo dado à importância da Música,que a todos ajuda a desenvolver.
Parabéns pelo texto e pela escolha acertada de Anne.
Um beijinho
Beatriz

Compartilhe