• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

14/05/2014

A flor que cativa

A flor que cativa.

(Toninho Bira)





Não sou o Pequeno Príncipe e sonho.
Sonhar que o longe nunca existe,
Isto se aprende com o pensamento
Na sua mais linda força do querer.



Cativa-se a rosa, mas também pessoas,
Que ao longo da vida nos cativam,
É uma corrente com elos de carinhos,
Não se prende, solidifica-se no tempo.



A flor que rego com cumplicidade,
Esta sim, gentilmente me faz feliz.
Seus espinhos não me ferem, há amor.
Nasce nova flor, faz festa no coração.



Pela vida somos criadores de jardins,
Planto as sementes da fraternidade,
Brotam as flores raras da amizade,
Que nos perfumam os dias nebulosos.



Quando a seca vem o jardim rondar,
Há flores murchas espalhadas no chão,
Há um vazio por esta transformação,
Que prepara a vida para nova estação.



Há poesia na flor, que ora murcha,
Vem como melancolia de expatriado,
Sentimento de perda, vazio e solidão,
Outono por trás da cortina cinza.



Deixa-se supurar aquela angustia,
Umedeça o chão com suas lágrimas,
Feche os olhos e faça a bela viagem,
Nos campos de girassóis de Van Gogh.



Por fim, ao se sair do transe dourado,
Sinta-se o cheiro da terra em gestação,
Tempo que o Sol vem beijar a manhã,
Vê flores. Faz-se o milagre da brotação.




Visite o blog do autor:





9 COMENTÁRIOS:

✿ chica

Toninho sempre inspirado e cada vez que lá chegamos nos encantamos, como com essa flor! abração aos dois,chica

Tunin

O Toninho é um poeta GRANDE. Tudo o que ele escreve nos emociona e informa.É uma dádiva lê-lo. Não sei porque ele ainda não publicou um livro ou já?
Abraços de parabéns para os dois.

Poesia do Bem

É sempre um prazer ler o poeta Toninho com seus belos escritos. bjs

LUCONI MARCIA MARIA

Sou fã do escritor poeta Toninho e sou fã do ser humano incrível que ele é, fiquei muito contente de vê-lo por aqui, como sempre uma poesia de mestre que nos sacia o coração, beijos mil Luconi

Renata Diniz

Anne! Que doçura de poesia. Ah... se deixássemos o inconsciente falar, aprenderíamos muito mais com os pensamentos. Beijo!

Ana Bailune

Maravilha de post!
Toninho é muito conhecido entre nós, e todos gostamos dele.
valeu!

Célia Rangel

Falar desse poeta é fácil, pois seus poemas sempre nos encantam. Parabéns pelo destaque dado!
Abraço.

Antonio Reis

Oh, que lindo me ver por aqui e ler estes belos comentários dos amigos, que adoro.
Grato sempre minha amiga.
Um abração e grato a todos que aqui comentam.
Bju

Beatriz Bragança

Querida Anne
Obrigada pela divulgação dada a este poema do amigo Toninho.
Já o tinha lido e muito admirado.
Fala do ciclo da vida,das estações e da forma de cativar.Denota muito conhecimento e vê-se que é fã de Saint-Exupéry.
Parabéns ao amigo Toninho.
Para si
um beijinho da
Beatriz

Compartilhe