• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

20/08/2014

Recanto recomenda Cristina Lebre

Recanto recomenda Cristina Lebre

(Anne Lieri)




Cristina, de onde vc é e como começou a escrever?


Oi, Anne, sou nascida no Rio de Janeiro, mas vim pra Niterói nos tempos da faculdade e nunca mais fui morar no Rio. Sou jornalista formada pela UFF e pós-graduada em Letras pela Unipli.  Trabalhei na Rádio Fluminense FM como locutora nos anos 1980, e sou também apresentadora do programa de difusão cultural “Café Paris”, que vai ao ar no TV O FLU, canal 12 da operadora SIM TV. Hoje me considero uma niteroiense nata.






Vc tem um blog ou site? Gostaria de compartilhar o link?



– Sim, meu blog é:


 Lá vocês podem ver vários dos meus poemas, tanto do “Olhos de Lince” quanto do “Marca d’Água” e outros ainda inéditos.





Marca d’água é seu livro? De que se trata a história?


“Marca d’Água” é meu segundo livro publicado, e contem poesias, contos e prosas poéticas. 

Meu primeiro livro, Olhos de Lince, foi lançado em 2008, e contem somente poesias.  


“Marca d’Água” está sendo lançado neste ano de 2014, desde o primeiro semestre já fizemos seis lançamentos dele, e agora nos preparamos para lançá-lo na 23ª Bienal de São Paulo.  

Minhas poesias são essencialmente livres, muito líricas, lúdicas, e buscam alcançar o leitor no âmago de seus sentimentos, de seus corações.  

Graças a Deus porque Ele tem me inspirado a fazer uma poesia de grande beleza e profundidade, pois o retorno que tenho recebido dos leitores me confirma isto.

  Pessoas dizendo que os poemas tocam-lhes fundo na alma, que há versos que traduzem exatamente o que elas sentem, e este retorno, esta constatação de que a poesia que escrevo vem atingindo diretamente os corações das pessoas tem sido extremamente gratificante, confirmando que este é o caminho que devo seguir.

  Falar de amor, de saudades, da angústia do tempo, da natureza, da chuva, do vento, das estações, das nossas tristezas, desilusões, das flores, dos pássaros, da fé em Deus, da força que precisamos todos os dias para continuar a luta pela vida, de amizades, e, principalmente, de amor, do amor que a tudo transcende e neutraliza todo o mal que há no mundo.






Que dia estará autografando e onde?



A noite de autógrafos do “Marca d’Água” na 23ª Bienal de São Paulo acontecerá na noite de 23/08, a partir das 20:00 h, no stand da editora Biblioteca 24 horas, stand F698, que é a editora do livro.





Teve muitas dificuldades com editoras? Por que optou por esta?



Não, não tive grandes dificuldades, procurei uma editora que trabalhasse bastante pela Internet, e encontrei na Biblioteca 24 horas um reconhecimento muito grande do meu trabalho. 

Eles trabalham muito pela divulgação do trabalho de seus autores pela Web e eu  acho que essa tendência é muito forte hoje em dia, por isso fechei com eles.

  Além disso, estava prevista a participação nesta 23ª Bienal de São Paulo, que é um evento cultural e literário de extrema importância em toda a América Latina, e é, para mim, um grande privilégio poder participar desta festa cultural divulgando o meu trabalho através do “Marca d’Água”.




Deixe uma mensagem aos novos escritores e o link de onde comprar seu livro.

– A mensagem que posso deixar aos novos escritores é que a gente tem que ter muito amor por literatura no Brasil, pois as dificuldades são enormes.   

As editoras enfrentam barreiras frente às líderes, que quase que compõem um cartel, e o mesmo acontece com as livrarias. 

Hoje há uma pressão enorme, um grupo de editoras que lideram o mercado, e um grupo pequeno de mega livrarias que também estão à frente.  

A concorrência é praticamente nenhuma, não há espaço para as pequenas editoras, os comerciantes não abrem mais livrarias próprias, têm de partir para as franquias.

  Então os novos autores têm de ter muito amor pela arte de escrever, pois é dificílimo viver de literatura no Brasil, infelizmente.  Por outro lado, a gente vê um público ávido por novas leituras, tanto na prosa quanto na poesia.  

O público existe, só que ele é direcionado para a literatura comercial e estrangeira. 

A gente vem na contramão, e quando se apresenta, e as pessoas amam.

Neste aspecto o universo virtual 
é que é extremamente democrático,e é por ele que a gente pode trabalhar e se apresentar.

  O trabalho é árduo, são anos investindo sem ganhar nada, só gastando.  Literatura hoje no Brasil é labuta para muitos anos.  Mas ainda assim vale a pena, o feedback do público é a nossa maior alegria e ao mesmo tempo  a força que nos faz resistir ao mar bravo do capitalismo selvagem que vem com tudo pra nos afogar.


- O “Marca d’Água” pode ser adquirido pelo portal da editora Biblioteca 24 horas:




Se alguém tiver interesse também no “Olhos de Lince” é só me contatar no meu e-mail, lebre.cristina@gmail.com 



.
MUITO OBRIGADA PELA OPORTUNIDADE DE CONCEDER ESTA ENTREVISTA, UMA EXCELENTE BIENAL PARA TODOS!




O Recanto agradece sua presença por aqui,Cristina!

Muito sucesso pra vc na Bienal!

Abaixo alguns links onde podemos ver mais a respeito desta grande e talentosa escritora:











* Todas as imagens desta postagem pertencem á escritora Cristina Lebre, gentilmente emprestadas.

6 COMENTÁRIOS:

✿ chica

Importante sempre aqui passar.Temos chance de melhor conhecer autores. Linda entrevista! Sucesso à Cristina! bjs às duas,chica

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever

Quantas amigas que você nos apresenta querida Anne.
Adorei conhecê-la e saber quanto é árduo ser escritor.
bjs
Carmen Lúcia.

Célia Rangel

Um itinerário de sucesso e de união entre o trabalho incessante dessa já vencedora autora! Lição de vida e de estratégia para quem quer seguir esse árduo caminho - a literatura no Brasil!!
Abraços.

Cristina Lebre

Super obrigada, Anne Lieri, ficou linda a entrevista. Obrigada, Chica, Carmen Lúcia, Célia Rangel, que já comentaram. Espero vcs lá no stand da Editora Biblioteca 24 horas, stand F698, na noite de 23/08, a partir das 20 horas. Sucesso pra todos nós nesta festa literária, cultura para o Brasil, Deus nos abençoe a todos!

Roselia Bezerra

Olá, queridas Anne e Cristina
Passeei pelo blog dela e vi poesias muito bacanas...
Gostei muito de contemplar o dom da poesia que Cristina tem...
Sempre ótimas sugestões, Anne...
Bjm fraterno de paz e bem

Patrícia Pinna

Boa noite, Anne. Ainda não conheço a Cristina pessoalmente, mas mantemos contato no face.
A obra dela é muito boa mesmo, o mais interessante foram os conselhos que ela nos deixou.
Desejo muito sucesso para ela.
Tenha uma semana de paz.
Beijos na alma.

Compartilhe