• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

03/01/2012

Beija flor se foi







BEIJA FLOR QUE SE FOI
( MAJOLI)


Certo dia um beija-flor
Resolveu pousar no meu jardim
Parecia tão encantador
Que a ele eu disse sim

Brincou com meu sorriso
Um delicioso cafuné me fez
Disse-me que iríamos ao paraiso
Causou em mim deliciosa embriaguez

Vinha no meu amanhecer
Adorava ver o meu espreguiçar
E logo mais no entardecer
Lá estava ele a me esperar

Quando a noite assim chegava
Não ainda satisfeito
Pra sua cama me levava
E por travesseiro, me dava seu peito

Foram dias assim seguidos
Cada vez nos envolvendo mais
Um sem o outro, ficávamos perdidos
Era como um navio sem cais

Um certo dia ao amanhecer
Quando os meus olhos abri
Procurei meu beija-flor, cadê?
Senti a tristeza a me invadir

O dia foi se arrastando
Nem no entardecer ele veio
No céu a lua já despontando
Meu coração partido ao meio

À noite ao me deitar
Deixei toda lágrima contida, rolar
Senti que ele não ia voltar
Em outro jardim tinha ido pousar



Visite a autora:

3 COMENTÁRIOS:

✿ chica

Majoli e suas poesias cheias de inspiração e sentimento! Que bom ler novamente aqui! beijos às duas,chica

Tunin

Que maravilha de canção poética, Majoli! Lançar as nossas experiências invocando a natureza é deliciosa. Beleza!
Abraços.

marlene

QUE LINDO POEMA MÁJOLI ADOREI
PARAENS POR COMPARTILHAR COM A GENTE QUE TE ADMIRA E QUER MUITO BEM
VIM DEIXAR UM ABRAÇO COM CARINHO MARLENE

Compartilhe