• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

07/02/2012

Limpeza á alma





LIMPEZA Á ALMA
( CELIA GIL)




Urge fazer uma limpeza a fundo

ao que somos,
àquilo em que nos tornámos.
É preciso começar por esvaziar
gavetas poeirentas de memórias
que nos impedem de sermos felizes.
Arejar as memórias...
Libertarmo-nos das que nos fazem mal,
guardar bem ao fundo as que doem,
deixar à mão as que alentam
e nos dão força para prosseguir.
Há ainda os sentimentos
que é preciso sacudir,
qual tapete poeirento,
os maus sentimentos.
Outros, como o receio e o medo,
podemos reciclá-los,
torná-los em confiança e determinação.
E, com tudo limpo
do que nos faz mal
e faz mal aos outros,
sentir-nos-emos mais leves
e enfrentaremos a vida
com mais convicção!



Visite o blog da autora:

3 COMENTÁRIOS:

✿ chica

A Célia põe o coração quando escreve...Lindo sempre! beijos às duas,chica

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR)

Que texto! Concordo com a Célia, com aplausos, precisamos fazer uma faxina de alma de vez em quando, uma reciclagem, uma vigília em nós mesmos, até nos reinventar se for necessário. Beijos.

MARLENE

lindo anne este poema desta menina célia parabens adorei fazermos uma limpeza nas gavetas da alma ajuda a purificar o espirito a desfazer das coisas velhas que não presizamos guardar aliviando o peso em nossas costas parabens para as duas achei lindo um abraço com carinho marlene

Compartilhe