• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

21/08/2012

A água e o vento





( Eduardo Maria Nunes)



Fortuna do meu contentamento
o exercício físico, poesia e a rima
energia eléctrica conforto de momento
como a água que faz mover a turbina
indústria e robustez vencido haviam,
mais qualidade de vida trazida pelo vento
vantagens que dantes se desconheciam
só mais tarde se descobriu o evento
tanto que por cá passa apressado
das muitas ideias sem aproveitamento,
voam com o vento para outro lado
levando, também, o perfume das flores
deixadas no jardim abandonado!




Visite o autor: EDUARDO



6 COMENTÁRIOS:

✿ chica

Nosso Edumanes tão presente sempre, maravilhoso também!! abração,tudo de bom,chica

Arnoldo Pimentel

Sempre belos os poemas do Eduardo, parabéns pela postagem.

edumanes

Vivemos com a água e com o vento
Sem água não seria possível viver
Com os amigos virtuais no pensamento
Desejando, quem sabe um dia conhecer.

Pessoalmente com certeza
Tudo poderá acontecer
Foi para mim uma surpresa
O que acabei de ler!

Meu dever estou aqui
Sua brilhante ideia agradecer
Vou andando por aí
Antes e depois do sol nascer!

Vai o vento a soprar
Com ele o perfumes das flores
Para longe o vai levar
Perfumando outros amores!

No jardim abandonado
Ficou uma flor
Por ela sou lembrado
Jardineiro tem valor!

Obrigado amiga pela homenagem, que me dedica. Agradeço do coração, desejando para você tudo de bom. Que seja sempre muito feliz.
Um beijinho
Eduardo.

ValériaC

Maravilhoso sempre o nosso querido amigo e Poeta Edu...beijinhos aos dois,
Valéria

LUCONI

Belíssimos versos do Eduardo, parabéns ficou especial, beijos Luconi

Portal de blogs Teia

Olá.
Post divulgado no Portal Teia.
Até mais

Compartilhe