• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

02/08/2012

Varsóvia




( Arnoldo Pimentel)






Pombos que voam pra lugar nenhum
Rostos sem sentido algum
Pés descalços
Olhos ilhados


Sombras que chegam
Sem saber de onde
Caminhos perdidos
Sem horizonte


Corpo suado
Praia sem mar
Coração alado
Sem poder voar


Visite o escritor Arnoldo Pimentel



Este poema é parte integrante do livro Ventos na Primavera



4 COMENTÁRIOS:

Arnoldo Pimentel

Anne, bom dia, fiquei muito feliz com essa postagem, esse é um poema dos que mais gosto no Ventos na Primavera,Deus te abençoe.Beijos.

Ana Bailune

Um poema lindo, e muito triste...

Profª Lourdes

Oi anne, obrigada pela visita, acabei de chegar da escola e fico feliz ler os comentários e saber que as postagens estão sendo aprovadas!!! bjusssParabe´ns pelo seu blog, postagens perfeitas!!!

Luna Di Primo

a marca do poeta, Arnoldo... bjuuu

Compartilhe