• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

29/05/2013

Fim de tarde

Fim de Tarde

(Ana Bailune)






Aquele cheiro de carros
Chegando na rua,
Cachorros latindo nos portões,
Pais com os pães pendurados nos dedos,
Mães em roupões e pantufas,
Jantar sobre a mesa.

A novela rolando na TV,
Talheres e copos tilintando,
O cheiro da comida escapando pela janela,
A adolescente no quarto, em frente ao espelho,

Sem pensar em problemas,
Apenas nas novas cores dos esmaltes de unha,
Na prova que teria na manhã seguinte,
Em ser uma estrela num banho de espuma,
E no que contar, amanhã, à amiga.

Conversas chegando nas vozes dos ventos,
As ruas vazias, tão cheias de lua,
E de repente, alguém chega à janela,
Olha as estrelas, respira fundo,
Planeja o outro dia,
Silencia.

Era assim.


Visite a autora: Ana Bailune



8 COMENTÁRIOS:

Toninho

Anne a Ana tem uma inspiração sempre acelerada e faz bem feito.Adquiri o livro dela e cada vez mais me admiro.SOu seguidor dela lá do Recanto das Letras e aqui ela cabe bem com toda sua arte.
A escolha de texto foi otima amiga.
Um abração para voces duas.
Beijos.

Ana Bailune

Só posso dizer obrigada, mais uma vez...

Renata Diniz

Anne! A poesia da Ana tem cheiro de fases. Descomplicada como criança e complicada como vida de adulto. Linda poesia! Beijo!

Daniel Costa

Amiga Anne

Como prova no próprio poema a Ana Bailune fui muito bem selecionada para figurar no RECANTO DE AUTORES.
Beijos à Ana e à Anne

Daniel Costa

Ah, o link do novo DANIEL MILAGRE, no mesmo painel:
http://danielmilagre.blogspot.pt/

Daniel Costa

Ah, o link do novo DANIEL MILAGRE, no mesmo painel:
http://danielmilagre.blogspot.pt/

Lari Moreira

Boa noite *-* muito bonito o poeminha, realmente poderia ser assim..
Vim retribuir sua visita, e avisar que tem novos posts em:

http://maybe-i-smiled.blogspot.com.br/
http://dicionario-feminino.blogspot.com.br/

Fique com Deus

Sônia Silvino, Crazy about Blogs!

A visão de vida dos poetas me encanta!
Eles veem de uma forma que nós, meros mortais, nos surpreendemos e amamos.
Beijinhos, minha poetisa. Parabéns pelas escolhas maravilhosas que fazes por aqui.

Compartilhe