• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

20/06/2013

Morangos no quintal


MORANGOS NO QUINTAL






No poste não havia lâmpada, nem fios,
Eu podia ver o que havia dentro da casa.
Na sala, uma mesa, uma cadeira,
Um livro para ler,
E isso era mais do que eu precisava,
Antigamente eu caminhava todos os dias pela rua,
Mas depois da guerra,
Só caminho pela sala e pelo quintal.




Visite o autor: Arnoldo Pimentel





8 COMENTÁRIOS:

Daniel Costa

Anne

O pensamento poético de Arnoldo Pimentel, pode até parecer esfíngico. Mas está envolto da verdade da vida.
Bjs

Renata Diniz

Anne. Excelentes versos do poeta. Falta muita simplicidade na vida moderna. Beijo!

✿ chica

Profundidade e beleza! abração,chica

Ana Bailune

Conheço o autor. Muito bom!

Sinval Santos da Silveira

Bom dia!
Parabéns pela excelente escolha.
Abraços
Sinval

Toninho

Brilhante o Arnoldo.
Poesia e sabedoria irmanadas.
Parabens e bela escolha Anne.
Abraços.

Patricia Galis

Que lindo...simples e tocante!!!

Arnoldo Pimentel

Oi Anne, mais uma vez obrigado por postar trabalhos meus, tenho postado pouco, pois estou separando poemas pro meu próximo livro pela Gambiarra Profana/Folha Cultural Pataxó, deve sair no fim do ano ou começo do próximo e tendo um zine da Gambiarra Profana para acompanhar, desde já te deixo um convite para enviar um poema seu para o zine, na época lhe pedirei essa preciosa contribuição, estamos pensando num poema seu infantil. Mais uma vez obrigado.

Compartilhe