• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

11/07/2013

Ternura

TERNURA

(Beatriz  Bragança)




Onde estão os meus afetos
E todos nossos projetos?!
Um vendaval outonal,
Com a ajuda do inverno
Destruiu o que era terno.

Nas folhas, em rodopio,
Iam também a candura,
Emoção e aceitação,
Uma grande admiração
E muita, muita afeição.

Mas o vento, quando leva,
Não volta a pôr no lugar.
Muito menos...sentimentos
O que só veio agravar
A ausência a suportar.

Porém, chega um turbilhão,
Que tudo veio alterar
Trouxe consigo a paixão
Junto co'a luz do luar
E muita, muita afeição.

De repente, há um silêncio!
Só a Lua nos espreita
E ela toda se deleita
Com a TERNURA refeita
Nos corações de nós dois.


Visite a autora: Beatriz  Bragança Santos




13 COMENTÁRIOS:

✿ chica

Linda poesia da Beatriz que retratou muito bem essa ternura! Lindo! beijos às duas, tudo de bom,chica

Malu Silva

Uma TERNURA mais que delineada... foi pintada com as mais doces palavras. Belo. Vou visitar a autora. Beijinhos...

Fernanda Oliveira

Belo poema, envolto de muita ternura. Parabéns a autora, irei conhecê-la.
E a você querida amiga Anne parabéns pela bela escolha.

Beijos!

Fernanda Oliveira

Chris Ferreira

Linda poesia!
Adorei!
Beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com.br/

Toninho

Escolheu uma beleza de inspiração da Beatriz,que faço questão de ler com regularidade.
Parabens nesta postagem a voce e a Beatriz.

Abraços e beijos para voces.

NoNo Braganca

Linda postagem!
Beijinhos

Dorli

Olá,
Já tinha lido a poesia no blog da Beatriz, mas não resisti e vi relê-la aqui no seu blog.
Parabéns pela escolha da poesia e da autora
Abraços
Lua Singular

Dorli

Oi Anne
Desculpe o erro: vi ao invés de vim.
Beijos
Lua Singular

Tamara

Que hermoso este poema, claro, que Beatriz es una artista. Un besazo.

Luma Rosa

Oi, Beatriz!!
Paixão que se transforma em ternura é amor!! :) Que bela descrição em um poema redondinho!! :=)) Beijus,

manuela barroso

Parabéns minha querida amiga Beatriz.
Tu pensas. Tu sonhas. Tu realizas.
Parabéns à Anne por ter tido este carinho e bom gosto
Beijinho às duas

Benó

Que dizer depois de ter lido opiniões tão bonitas sobre o poema da Beatriz? Gostei, claro, de toda essa ternura tão bem expressa em palavras simples e carinhosas. Um abraço, Beatriz.

vieira calado

Pede-me a minha opinião.
Sempre incentivo quem escreve.
Cada um "faz o eu número".
E é isso, mais do que qualquer outra coisa, o mais importante!
Beijinho para si!

Compartilhe