• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

11/10/2013

O papagaio inventor

O papagaio inventor...

(Neno)





Numa floresta cheia de clareiras , vivia um papagaio chamado  Pleco.

Seu passatempo favorito era fazer invenções malucas, mas que quase sempre davam certo.

Todos os habitantes da floresta gostavam dele , ele era até o conselheiro do rei , o lobo. (Quem disse que o leão tem que ser o rei)?

Mas , como qualquer inventor , algumas coisas dão errado!

Pleco já fez uma experiência cujo objetivo era fazer com que uma pessoa ou animal que não voasse , começasse a flutuar.

Mas o resultado foi só dez dias seguidos de alergia.

Mas várias experiências deram certo, como a cadeira faz-tudo.

Bom , a cadeira faz-tudo , faz praticamente tudo , óbvio!

Mas um dia, quando terminou uma máquina que fazia  com que o corpo ficasse transparente ( o corpo, não a roupa, por isso não pode ser usado em humanos),  ele foi testar num tucano , e ....

Um portal se abriu  e puxou todos os animais da floresta (que estavam sendo encolhidos) para dentro do corpo do tucano (menos o próprio tucano , claro)!!!

Todos ficaram reclamando do pobre Pleco , que estava tentando identificar em que parte do corpo estavam.

Ele disse:
-Gente , estamos no coração.  Mas estamos sendo levados para a artéria aorta , que passa por todas as partes do corpo. Mas temos que achar a saída...

-Qual saída ? A de baixo ou a de cima.-interrompeu o rinoceronte.

- Estamos sendo levados para baixo , enquanto temos oxigênio , se quisermos ir para cima vamos ficar sem oxigênio, pois acontece uma troca de oxigênio para Co2. (Gás carbônico).

-Espera , deixa eu ver se entendi , essa artéria que estamos vai dar uma volta e vamos para cima, então vamos ficar sem oxigênio? -perguntou o elefante.

-Exato.-disse Pleco.

Eles continuaram sendo levado pela artéria aorta por bastante tempo, mas ainda descendo:

-Olha o fígado do tucano. Significa que estamos chegando perto da saída de baixo. Preciso achar um jeito de ir para a de cima , mas respirando bem.

Passou mais um pouquinho de tempo e eles viram o rim do tucano:

-Rápido. Vamos tentar voltar pelo mesmo lugar que estamos passando. Não podemos chegar no rim ou vamos ter que sair por uma saída que com certeza nunca vamos esquecer.

Eles estavam conseguindo voltar , mas com dificuldade , pois estavam andando contra o sangue.

E eles tinham que andar em fila indiana para não interromper a circulação sanguínea do tucano , o que seria mortal.

Foram caminhando , caminhando , até que chegaram na garganta do tucano.

-Gente, agora temos que subir rapidamente ou vamos engasgar o tucano-disse o papagaio.

E eles conseguiram e saíram pela boca!


E com certeza Pleco tomou mais cuidado com as invenções dele...




Visite o autor clicando no link e deixando um abraço pelo seu aniversário!

Neno








5 COMENTÁRIOS:

✿ chica

Neno me fez rir muito com essa história. Achei um amor e a criatividade dele vooooooooooooooooooa.... Obrigadão por trazer pra cá! Adorei! beijos, ele ficará feliz! chica

Dorli

Oi Neno!
Você é um menino prodígio.
D'uma criatividade espontânea linda.
Parabéns
Lua Singular

Lu Cidreira

Muito bom mesmo, tem muitas crianças que irão adorar ler essa estorinha.
Abraço

Minéia Pacheco

Oi Anne,

Fico impressiona com a criatividade de Neno, as histórias dele são ótimas!

Muito bom poder lê-lo por aqui também!

Beijos para vocês!

Orvalho do Céu

Olá, queridos Anne e Neno
Parabéns pelo post e pela data festiva, amiguinhos!!!
Bjm festivo de paz e bem

Compartilhe