• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

29/07/2014

Pessimismos

Pessimismos

(Rick)




Eu não sei você, mas eu acho que esta ficando cada vez mais difícil ser feliz nesse mundo. Hoje mesmo eu estava olhando pela janela do ônibus enquanto voltava para casa e sei lá, de repente me veio uma tristeza, nostalgia, solidão. Na minha vida esta tudo relativamente bem, mais não dá pra ser feliz por aqui ao mesmo tempo que você se torna ciente do mundo em que vive. Há mais motivos pra se esta frustrado. É difícil dizer sim pra tua felicidade e dizer não aos problemas do mundo porque eles não são seus. Ser consciente de um mundo em que nem todos vieram pra ser feliz, é trágico. Eu tenho que parar de ver jornais e diminuir a dose de pessimismo. 
Porque as noticias só aumentam minha ideia de como o mundo inteiro esta se tornando um caos. Eu chego em casa. Fecho os olhos. Durmo pouco. Sonho ainda menos. Antes um sono tranquilo do que a consciência de que tudo isso aqui pode acabar de uma hora para outra, com larvas devorando o seu corpo por um motivo fútil qualquer. Você levanta cedo, encara a rotina, e talvez não volte mais pra casa. Todo dia eu me deparo com a cara de cidadãos exausto de tanto trabalhar e ganhar pouco. Gente querendo desistir. Lutando pra ser melhor para poder ganhar mais dinheiro e por ai vai. E em pensar que tudo isso pode acabar em uma esquina qualquer e você talvez nem saiba em qual lugar no universo sua alma foi parar. Neste mundo é tudo ação e reação, causa e consequência, o fato triste é que no meio de tudo isso algumas pessoas são só vitimas. Vitimas que podem variar entre você, alguns conhecidos, ou até mesmo uma floresta, animais. Vidas... E eu não sei a sua, mais olha como é a vida, enquanto uns sorriem, outros choram, outros morrem, outros nascem, outros só são os outros. No fim das contas, somos todos vitimas desse mundo em que o caos se tornou tão grande que ninguém já é mais culpado por nada. Somos todos vitimas da vida e ponto... Tudo esta sucumbindo, decaindo, virando caos. E eu lamento por ser mais um em bilhões. Mais é uma verdade e nós não podemos mais voltar atrás. As crianças vão crescer e criar seus próprios filhos aqui. É neste caos que o mundo vai findando. E as coisas boas e saudáveis vão perdendo a graça e dando lugar a tudo que só acelera sua extinção. Hoje eu vivo e mantenho a esperança de que isso aqui seja só um lugar em que realmente estejamos de passagem e que a vida, de verdade, venha depois. Depois de resistirmos ao máximo todo o sofrimento do mundo e enfim, ir dormir, para acordar vivo em uma outra vida, e que seja leve... — 



Visite o blog do autor:




2 COMENTÁRIOS:

✿ chica

Profundas colocações.Temos que ver a vida com cores, senão nos deixamos abater pelo cinza da vida! abraços praianos,chica

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever

Lindas palavras desse amigo que não conheço,vem bem de encontro com a minha postagem de hoje.
Bjs amiga Anne.
Carmen Lúcia.

Compartilhe