• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

04/08/2014

A bruxinha voa para os Andes

A bruxinha voa para os Andes

(Elza Ghetti Zerbatto)




A bruxinha estava voando,
desejando uma boa companhia,
que lhe servisse de parceria.



Curiosa como é,
decidiu ir visitar,
um local especial,
por onde nunca havia estado.



Optou pelos Andes,
pois tinha ouvido falar,
de sua interessante história e passado.



Mas que graça teria,
se fosse sozinha,
sem poder desfrutar,
da presença de uma amiga querida,
com quem pudesse compartilhar?



Resolveu então um sinal de chuva mandar,
sacudindo o pozinho mágico de sua vassoura,
e este rapidamente chegou,
nas mãos da menina voadora.




Ela estava limpando suas asinhas,
e espirrou com o pozinho,
mas sabia que fora,
enviado pela bruxinha,
como um convite feito com carinho.



No meio do caminho se encontraram,
indo direto para Cuzco,
viram as linhas do deserto,
em forma de animais ornando o chão,
suspiraram de emoção ao notarem,
tanta magia e mistério.



Essas linhas só são vistas,
estando em uma grande altura.
Como foram construídas então?




Seus coraçõezinhos bateram mais fortes,
com tamanha visão!



Alçaram voo mais alto,
tomaram velocidade,
a sorrir ficaram,
de tanta felicidade!



Cruzaram os céus rapidamente,
passando por um condor solitário.
Quem sabe ele não é,
das montanhas um guardião?




Foram para Machu Picchu,
visitaram toda sua extensão,
seu templo solar,
e sentiram a energia diferente,
desse místico lugar.



Foram ver também as ruazinhas,
da pequena cidadezinha,
aproveitando para andar de lhama,
artesanato local comprar,
não esquecendo as mantas,
e os coloridos gorrinhos.



O frio  era congelante,
mas isso não desanimou,
as corajosas meninas,
de continuar a explorar,
o encantador lugar!



Fizeram também reverências ao Sol,
oferecendo-lhe flores e frutas,
como uma forma de gratidão,
pelas belezas vistas,
que para sempre ficarão,
gravadas em seus corações.







A querida amiga Elza Kunti me presenteou com esta linda poesia, numa divertida aventura entre a bruxinha e a menina voadora.

Obrigada Kunti pelo carinho de sua amizade!



Para completar recebi o livro: 

A velha árvore que falava.

Recomendo a adultos e crianças esta comovente história de amizade entre uma menina e uma velha árvore!


Visite a autora e peça o seu:



8 COMENTÁRIOS:

✿ chica

Que amor de passeio esse e bela imaginação da Kunti, mais uma vez! Adorei! bjs às duas,chica

Élys

Um passeio maravilhoo, mostrado e narrado através deuma poesia esplendorosa...Excelente!
Abraços as duas,
Élys.

Anete

Superinteressante!
Aventuras e amizade juntas... Lindas proezas!

Abraços

Eduardo Maria Nunes

A bruxinha voa, voa,
onde é que ela irá pousar
a sobrevoar Lisboa
numa linda noite de luar!

Foi pousar numa flor,
lá no Jardim da Estrela
lá encontrou o amor
logo se abraçou a ela!

Belo poema,
parabéns à autora
vale sempre a pena
visitar uma sonhadora!

Beijos e abraços.
Eduardo.

Pepi,Xixo,Juja,Jujuba

A Brxinha e a Menina Voadora devem ter se divertido horrores...rs
Lindos versinhos da Kunti, Anne
Um beijinho carinhoso para ambas de
Verena e Bichinhos

Célia Rangel

Uma viagem imaginária de uma criatividade sensacional! Adorei!
Abraços.

Kunti/Elza Ghetti Zerbatto

Oi maninha!
Vixe,com a mudança que deu no tempo hoje, o vento levou minha vassoura embora e foi difícil chegar aqui, mas consegui,rs.

Adorei ver nossas aventuras.

Obrigada pela postagem e pelo carinho.

uma ótima semana para ti.

abração com carinho

Roselia Bezerra

Olá, queridas Anne e Elza
Um poema fruto de visão extasiante, na certa, pois contém muita emoção no ar...
Bjm fraterno de paz e bem

Compartilhe