• Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Anne Lieri

  • Evanir Garcia

  • Jonas Sanches

  • Franciangela

  • Nato Matos

13/07/2012

Lugar de lixo é no lixo





Lugar de lixo é no LIXO!
( Mineia Pacheco)


Ítalo andava muito chateado com a quantidade de lixo que encontrava no parque do seu bairro. Não podia acreditar que nos dias atuais ainda existissem pessoas que jogassem tanto lixo no chão e que não se importassem com o próximo e nem com o meio ambiente.
- É muita falta de respeito com a natureza jogar lixo no chão.  - Ele falava sozinho enquanto pegava algumas garrafas plásticas pelo caminho para jogar no lixo.
- Também acho garoto. – Falou uma senhora que estava próximo dele. Trabalho nesse parque há muitos anos e sempre foi assim, são crianças, adolescentes, adultos, todos jogam lixo do chão.
- Mas isso tem que mudar. As pessoas precisam ser mais conscientes e ter mais educação.
- Concordo garoto, mas as pessoas acham mais fácil jogar as coisas pelo chão do que ir atrás de alguma lixeira. E olhe que aqui no parque temos várias, mas quem sempre vence é o chão!
- Isso tem que mudar e já!
- O que você vai fazer? – Ela perguntou.
- Vou ficar aqui observando as pessoas e irei conversar com aquelas em que eu ver jogando lixo no chão.
Ítalo sentou um pouco no banco da praça, mas nem precisou esperar muito e logo viu um garotinho jogando o saquinho de biscoito no chão.
- Ei garoto, sabia que é falta de educação jogar lixo no chão?
- Desculpe, mas não vi nenhuma lixeira por aqui.
- Olha uma logo ali, você não sabe o mal que faz ao meio ambiente cada vez que joga algo no chão.
- Vou agora mesmo jogar esse saquinho do biscoito do lixo, desculpe-me.
Mas a frente Ítalo viu uma senhora jogando um saquinho de bombom no chão.
- Ei senhora, não sabia que é falta de educação jogar lixo no chão?
- Oi garotinho, nem vi que havia caído da minha mão, vou agora mesmo jogar no lixo, obrigada.
Ítalo passou toda a tarde conscientizando as pessoas a não jogarem lixo no chão e no final do dia quando a senhora que trabalhava no parque chegou, ficou impressionada com o que viu e falou:
- Nossa garoto como já te falei trabalho nesse parque há anos, mas nunca o vi tão limpo como hoje. Você está de parabéns!
- Não precisa agradecer, só fiz o que acho certo, falei para as pessoas que LUGAR DE LIXO É NO LIXO e espero que elas tenham aprendido.
- Pelo que estou vendo aqui, elas aprenderam sim!


VISITE A AUTORA:




3 COMENTÁRIOS:

Cris Henriques

Olá Anne!

Encantador e muito consciencioso o teu conto. Se todos nós fossemos como Italo, o mundo mudava e tornava-se mais habitável.

Parabéns!

Um beijo,

Cris Henriques

http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com/

O Profeta

Como se ama uma planta que não floriu?
Como se ouve um coração em silêncio total?
Como se sente uma dor que a paixão desenhou?
Como se alcança o Sol quando o dia morreu, acabou?

Um Outono invadiu esta ausente Primavera
Povoei esta ilha com palavras em baixela de poesia
Encontrei uma casa da manhã com verdade e revolta
Construi a claridade com fogo de uma chama já morta

Bom fim de semana

Doce beijo

João Felipe

gostei dese testo da mineia

um beijo
baoas ferias menina voadora

Compartilhe